VALE-GÁS de R$ 120 começa a ser PAGO em AGOSTO; confira o CALENDÁRIO

A aprovação da PEC dos Combustíveis garante o início do Vale-Gás de R$ 120 já para agosto. A Proposta de Emenda à Constituição foi promulgada durante a última semana pelo Congresso Nacional. Uma das medidas previstas é o pagamento do valor integral do botijão de gás de 13kg.

publicidade
Vale Gás de R$ 120 será pago em três mensalidades
Novo Vale-Gás de R$ 120 é confirmado para agosto. (Imagem: FDR)

A PEC estabelece ainda o Auxílio Brasil de R$ 600, o Voucher Caminhoneiro de R$ 1 mil, o auxílio taxista de valor ainda não definido, entre outros benefícios que devem ser pagos até o mês de dezembro deste ano. No total, os custos estimados para as medidas são de R$ 41,25 bilhões.

Novo Vale-Gás de R$ 120 é confirmado para agosto

As famílias em situação de pobreza e extrema pobreza que estão inscritas no CadÚnico e são beneficiárias do Vale-Gás nacional já podem estar atentos às datas do pagamento do novo valor do benefício.

publicidade

O pagamento do Vale-Gás de R$ 120 deve seguir o esquema tradicional dos repasses que leva em consideração o final do Número de Identificação Social (NIS). Confira o calendário:

  • NIS Final 1 – 18 de agosto
  • NIS Final 2 – 19 de agosto
  • NIS Final 3 – 22 de agosto
  • NIS Final 4 – 23 de agosto
  • NIS Final 5 – 24 de agosto
  • NIS Final 6 – 25 de agosto
  • NIS Final 7 – 26 de agosto
  • NIS Final 8 – 29 de agosto
  • NIS Final 9 – 30 de agosto
  • NIS Final 0 – 31 de agosto

As mensalidades serão depositadas em conta da poupança digital da Caixa.

Saiba quais os benefícios previstos na PEC dos Combustíveis 

Com um orçamento de mais de R$ 41 bilhões, a PEC que conta com o chamado “Pacote de Bondades” utiliza da declaração de estado de emergência do país e dribla a lei eleitoral para seu funcionamento.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

 As medidas de caráter provisório devem ir até dezembro deste ano. Desse modo, em janeiro os benefícios já existentes retornam ao formato original, enquanto os criados pela proposta de emenda devem ser encerrados. Até lá, saiba quanto que cada medida deve custar aos cofres:

  • ampliação do Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600: R$ 26 bilhões;
  • Voucher Caminhoneiro de R$ 1 mil: R$ 5,4 bilhões;
  • compensação a UFS por combustíveis: R$ 3,8 bilhões;
  • transporte coletivo gratuito para idosos: R$ 2,5 bilhões;
  • Auxílio Taxistas: R$ 2 bilhões;
  • ampliação do Vale-Gás de R$ 120: R$ 1,1 bilhão;
  • Programa Alimenta Brasil: 0,5 bilhão.
publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Hannah Aragão
Hannah Aragão é graduanda em jornalismo pela Universidade Federal de Pernambuco, a UFPE. Atuou em diversas áreas da comunicação, passando por assessoria, endo marketing, comunicação estratégica e jornalismo impresso. Atualmente, se dedica ao jornalismo online na produção de matérias para o portal FDR.