Este novo golpe do empréstimo está fazendo muitas vítimas

Na última quinta-feira (30), a Receita Federal comunicou que recebeu diversos relatos de golpe que envolve empréstimos. De acordo com o órgão, supostas empresas de crédito condicionam a liberação do dinheiro ao pagamento antecipado do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

publicidade
Este novo golpe do empréstimo está fazendo muitas vítimas
Este novo golpe do empréstimo está fazendo muitas vítimas (Imagem: Montagem/FDR)

Neste golpe relatado pela Receita Federal, para que a vítima tenha acesso ao suposto empréstimo, precisaria pagar IOF e outras taxas. No entanto, essas cobranças não existem.

Esses criminosos, inclusive, apresentam notificações e documentos de arrecadação falsos. Isso leva a pessoa a recolher taxas inexistentes para a liberação da quantia.

publicidade

Conforme relatos recebidos, nesse golpe, o pagamento das supostas taxas ou IOF são realizados por meio de transferências via Pix para pessoas físicas.
O Fisco destaca que isso é um golpe, “já que a Receita Federal não fornece dados para recolhimento de tributos ou taxas via transferência.

No caso específico deste golpe, o sistema Pix é somente uma ferramenta usada pelos criminosos para tentar enganar as vítimas. Essa plataforma é usada devido a sua facilidade de realizar as transações — já que o Pix permite transferências instantâneas.

Como evitar cair em novo golpe do empréstimo

Os empréstimos regulares e legais não cobram pagamentos antecipados. Desse modo, o cidadão não precisa pagar possíveis adiantamentos de parcelas, preenchimento de cadastro ou impostos.

Sendo assim, antes de pedir um crédito, a pessoa deve verificar se a respectiva instituição tem autorização do Banco Central para oferecer a modalidade.
Além disso, ainda existe a possibilidade de buscar informações sobre a reputação da respectiva instituição. Neste caso, basta acessar sites como o Reclame Aqui.

Com relação ao novo golpe relatado pelos cidadãos, a Receita Federal informa que, especificamente, o recolhimento do IOF é realizado apenas mediante Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf) — que é pago pela entidade que fornece crédito e não pelo contribuinte.

A Receita ainda deixa claro que seus servidores não prestam serviços de empréstimos às pessoas e nem entra em contato para cobrar esse tipo de pagamento.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade

Se a pessoa desconfiar que foi vítima de algum golpe, o Fisco orienta buscar, de forma imediata, a autoridade policial. Neste contato, a pessoa deve estar munida de todas as provas possíveis. Desse modo, será possível registrar um boletim de ocorrência.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.