Estes são os principais entraves que podem afetar Lula nas eleições de 2022

Pontos-chave
  • Lula pretende fidelizar palanques estratégicos pelo Brasil;
  • Apoio de empresários é importante para a campanha do pré-candidato;
  • Lula já divulgou lista de propostas na concorrência ao pleito eleitoral.

Faltam cerca de três meses para as eleições de 2022, e mesmo com a proximidade da data, o pré-candidato à corrida eleitoral, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, possui assuntos pendentes. O problema é que, embora pareça algo fácil de resolver aos olhos leigos, são pontos cruciais para obter o apoio necessário nessa caminhada. 

publicidade
Estes são os principais entraves que podem afetar Lula nas eleições de 2022
Estes são os principais entraves que podem afetar Lula nas eleições de 2022. (Imagem; FDR)

Lula reúne entraves que podem o afetar nas eleições de 2022, como impasses relacionados a palanques, alianças estaduais e diálogo com empresários. Uma das pendências que o ex-presidente precisa resolver se refere a um acordo junto ao PSB em São Paulo no intuito de assegurar que Fernando Haddad seja lançado ao governo estadual no lugar do ex-governador Márcio França

Entretanto, o PSB afirmou que não pretende abrir mão da candidatura de França. Destacando que o palanque de São Paulo compõe o maior colegiado eleitoral de todo o Brasil, razão pela qual esta parceria é tão relevante para Lula

publicidade

Mas os entraves de Lula quanto aos trâmites pré eleições de 2022 percorrem um longo caminho, até chegar ao Nordeste, onde o ex-presidente fidelizou o apoio do público por longos anos. Durante uma visita agendada para o próximo final de semana, o petista irá oficializar o apoio do PT à candidatura de Danilo Cabral ao governo pernambucano. 

Mesmo com esse acordo em andamento, a deputada Marília Arraes decidiu se desvincular do partido petista e se filiar ao Solidariedade com o propósito de entrar na disputa estadual. O resultado indireto da atitude de Arraes foi a abertura de um novo palanque para o candidato à presidência no Estado, embora os nomes que irão representar o PT e o PSB no Estado ainda gerem incertezas. 

O palanque carioca também permanece como uma incógnita que deve contar com desdobramentos em torno da crise fincada pela candidatura de Marcelo Freixo ao cargo de governador. A exigência do PT para o Estado é que André Ceciliano concorra ao Senado, enquanto o PSB possui Alessandro Molon como candidato a uma cadeira na Câmara dos Deputados

A consolidação deste palanque se tornou prioridade na campanha de Lula para a corrida às eleições de 2022. Isso porque, o Estado do Rio de Janeiro é o epicentro eleitoral do atual presidente, Jair Bolsonaro. Em território carioca as intenções de voto para Lula ficam em 37% contra 36% para Bolsonaro, evidenciando uma disputa acirrada.

O candidato ainda precisa conciliar a consolidação dos palanques ao restabelecimento de pontos junto aos empresários. O resultado tem sido uma série de encontros na presença de aliados como Fernando Haddad e Geraldo Alckmin, com falas de garantia da volta do crescimento brasileiro.

Propostas de Lula para as eleições de 2022

No final, essas investidas de nada adiantam se as propostas de campanha para as eleições de 2022 não se mostrarem atrativas e convincentes. Revogação da reforma trabalhista; fim do teto de gastos; renovação do Bolsa Família; maior presença do Estado na economia; fortalecimento de bancos públicos; repúdio à privatização de empresas como Petrobras, PPSA, Eletrobras e Correios.

publicidade

Esses são alguns dos pontos que compõem as propostas de Lula para recuperar a economia do país. O programa de ações do pré-candidato que disputa a presidência da República pela terceira vez, agora nas eleições de 2022, já foi encaminhado para análise dos partidos aliados.

“Nosso horizonte é a criação de um projeto inovador e portador do futuro”, diz um trecho do texto. 

A proposta é extensa, e consiste nos seguintes temas:

publicidade
  1. Fim do teto de gastos;
  2. Revogação da reforma trabalhista;
  3. Fortalecimento das estatais, sem privatizações;
  4. Fortalecimento dos bancos públicos;
  5. Reforma tributária;
  6. Combate à inflação;
  7. Criação de oportunidades de trabalho e emprego;
  8. Salário mínimo;
  9. Novo modelo previdenciário;
  10. Renovação e ampliação do Bolsa Família;
  11. Estabilidade político-econômica e institucional;
  12. Plano nacional de desenvolvimento; 
  13. Renegociação de dívidas dos brasileiros;
  14. Reindustrialização com foco em economia digital e verde;
  15. Agropecuária e alimentação;
  16. Infraestrutura.

Renovação do teto de gastos tem prioridade

Apesar de um plano amplo de melhorias, dois pontos se sobressaem nos discursos de Lula para recuperar a economia do Brasil. O primeiro se refere à revogação do teto de gastos, implementado no ano de 2017 durante a gestão de Michel Temer.

Ele determina limites que devem ser cumpridos nos gastos públicos vinculados à alta da inflação. Atualmente, é a maior regra fiscal cuja vigência prevalecerá durante 20 anos

De acordo com as propostas de Lula para as eleições de 2022, o teto de gastos não é viável e perdeu a credibilidade. “Vamos recolocar os pobres e os trabalhadores no orçamento”, cita o texto em debate entre os aliados de Lula. 

publicidade

A intenção é substituir o teto por um novo regime fiscal com mais flexibilidade e que garanta atuação anticíclica. Na prática, que contribua para dinamizar a economia nos momentos de queda da atividade. O foco da proposta é:

  1. Promoção de transparência e acompanhamento da relação custo-benefício das políticas públicas,
  2. Fortalecimento do planejamento e a articulação entre investimentos públicos e privados,
  3. Reconhecimento do investimento social e em infraestrutura;
  4. Vinculação a uma estrutura tributária mais simples e progressiva.

O segundo ponto forte das propostas de Lula para as eleições de 2022 é o retorno do Bolsa Família com uma nova estrutura e condições ampliadas. Após quase 20 anos em vigor, o tradicional programa social foi extinto por Bolsonaro em outubro de 2021, para acabar com qualquer vestígio petista. 

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

No lugar, surgiu o Auxílio Brasil, que possui uma estrutura e propósitos bastante semelhantes. Lula, que sempre se posicionou contra esta troca, alega que a renovação e ampliação do Bolsa Família visa assegurar uma renda compatível às necessidades da população.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.