Bolsa de Valores: confira como foi a estreia das ações do Banco Inter nos EUA

Nesta quinta-feira (23), as ações da holding do Banco Inter, Inter&Co, estrearam na Nasdaq, bolsa de valores de Nova York. Os ativos são negociados com o ticker INTR. No pregão, os papéis do banco digital registraram perda de 12,56%, a US$ 3,48.

publicidade
Bolsa de Valores: confira como foi a estreia das ações do Banco Inter nos EUA
Bolsa de Valores: confira como foi a estreia das ações do Banco Inter nos EUA (Imagem: Montagem/FDR)

A estreia do Banco Inter na bolsa de valores americana acontece depois da finalização da reorganização da empresa. A Nasdaq é uma bolsa com especialidade em companhias do segmento de tecnologia. Após uma tentativa frustrada no final do ano passado, o Banco Inter retomou — e concluiu — seus planos de migração para o mercado norte-americano.

Com essa migração para os Estados Unidos, a fintech espera ter maior acesso ao principal mercado de capitais global. O banco também visa diversificar sua base de investidores.

publicidade

Ações do Banco Inter deixaram de ser negociadas na bolsa de valores brasileira

Na última sexta-feira (17), as ações do Inter (BIDI3, BIDI4 e BIDI11) deixaram de ser negociadas na B3. Já nesta segunda-feira (20), os BDRs (recibos de ações) da fintech estrearam no país, com o ticker INBR31.

Também nesta quinta, para os acionistas que solicitaram o desfazimento de BDRs, aconteceu a entrega das ações Classe A da holding do Inter.

Para cada seis ações preferenciais do Banco Inter e/ou seis ações ordinárias, o acionista passou a receber um BDR. Para cada duas units, também houve a entrega de um BDR.

Segundo a holding, depois do recebimento dos BDRs na carteira, o acionista terá a possibilidade de cancelá-los e transformá-los em ações Classe A ações listadas na bolsa dos Estados Unidos.

Para isso, o interessado precisará seguir as aplicáveis instruções e requisitos, a qualquer momento, por meio de seus respectivos agentes de custódia da B3.

Ao longo dos primeiros 30 dias de negociação dos recibos de ações na bolsa brasileira, o Inter informa que subsidiará todas as taxas relativas a essa conversão. Depois desse período, o acionista assumirá os custos.

publicidade

Os acionistas que tinham os ativos até 15 de abril — mesmo dia em que foi comunicada a operação —, e que optaram em não ficar com os papéis da Inter&Co, tiveram até 20 de maio para decidir receber sua parte em dinheiro (opção “cash-out”).

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.