Novo decreto permite que consumidor cancele serviços por WhatsApp; confira

Foi determinado pelo governo federal alterações nas regras do Serviço de Atendimento ao  Consumidor (SAC). Entre as mudanças principais está a obrigatoriedade das empresas de disponibilizarem a possibilidade de cancelamento de serviços no mesmo canal em que são feitas as contratações, inclusive para aplicativos de mensagens.

Se a contratação de um serviço pelo cliente tenha sido feito pelo WhatsApp, por exemplo, este cliente poderá fazer o cancelamento do mesmo pelo app de mensagens. As novas determinações já constam no Diário Oficial da União e passam a vigorar em outubro deste ano.

Entre os serviços regulados pelo SAC no Brasil estão o elétrico, bancário, imobiliário, telecomunicações e aviação.

O objetivo é o de aumentar os canais de atendimento disponíveis para o consumidor, abrindo caminho para que operações acontecem através da internet. Os atendimentos regulados pelo SAC só englobam os contatos telefônicos atualmente. 

Segundo as novas determinações, também são previstas que no caso de aplicativos de mensagens, os clientes precisam receber uma resposta sobre seu pedido em até cinco dias corridos.

Também foi regulamentado o formato da resposta por mensagem. Ela deve ser clara, objetiva e responder tudo que foi pedido. Os canais de atendimento deverão estar ativos todos os dias e horários.

Ainda é determinado pelo decreto que nos atendimentos via aplicativo, o cliente deve receber um número de protocolo e a disponibilidade do contato por mensagens não muda a obrigatoriedade de se ter o atendimento por ligação. 

SAC

O objetivo do SAC é o de ser mais um canal de relacionamento entre as empresas e seus clientes, comunicação essencial para que os consumidores consigam ver  que existe um caminho para serem ouvidos quando for preciso. Isto melhora a experiência vivida com a marca e a satisfação do cliente com a empresa.

Nem todas as empresas são obrigadas a manterem um SAC, porém as que decidem ter devem seguir algumas regras, como: ser uma central gratuita, manter  atendimento 24 horas por dia, sete dias na semana e as reclamações devem ser resolvidas em até cinco dias úteis.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.