Setor de indústria tem inflação com alta de 3,13% durante o mês de março

Os preços do setor de indústria sofreram expressivamente os impactos da inflação. No mês de março deste ano, o setor apresentou uma alta de 3,13% em comparação ao mês anterior após um aumento de 0,54% em fevereiro frente a janeiro. 

No acumulado de 12 meses, o setor de indústria atingiu uma taxa de 18,31%. O percentual representa um crescimento de 4,93% nos preços deste setor no acumulado do último ano. Por outro lado, ficou abaixo da verificação do primeiro trimestre de 2021, quando o registro foi de 13,92%. 

Os dados foram apurados a partir do Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgado na última quinta-feira, 28, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O instituto explicou que o medidor é responsável por apurar a variação dos preços de produtos na porta da fábrica.

Em outras palavras, não há a incidência de impostos e frete nas 24 atividades industriais extrativas e de transformação. Deste total de atividade, 16 passaram por uma alta em março. O grande influenciador deste cenário é o refino de petróleo e biocombustíveis, que apresentaram um crescimento de 1,23%.

Os alimentos também impactam o setor de indústria em 0,71%, bem como as indústrias extrativas em 0,61% e demais produtos químicos a 0,57%. Em nota, o gerente do IPP, Manoel Campos, acrescentou que as quatro atividades mencionadas responderam por 3,12%, praticamente todo o índice.

De acordo com o pesquisador, o percentual é influenciado pelos custos e pelo movimento internacional a partir do preço do barril de petróleo que já atingiu a margem de US$ 100. Isso porque, quando o preço do barril aumenta, os derivados também são diretamente afetados.

Logo, os preços do setor de refino de petróleo e biocombustíveis subiram 10,84% em março, sendo que o destaque ficou por conta da gasolina.

“Além disso, também aumentaram os preços nas indústrias extrativas, pois o óleo bruto de petróleo é uma commodity [produtos primários com cotação internacional] com preço cotado no mercado internacional”, explicou o gerente.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.