Serviços do governo podem ser acessados por meio de bancos; saiba mais

Os correntistas dos principais bancos do Brasil já podem acessar a plataforma gov.br com login e senha usados na instituição financeira. Essa ferramenta permite acesso pela internet a serviços do governo. O anúncio foi realizado pelo Ministério da Economia nesta terça-feira (12).

Segundo a pasta, nesta semana, o acesso por conta bancária passou a estar disponível aos clientes do Itaú e Agibank. Ao todo, são nove instituições financeiras integradas ao gov.br. Além dessas duas, há integração para: Banco do Brasil, Caixa, Sicoob, Banrisul, BRB, Santander e Bradesco.

Essa medida facilita o acesso dos correntistas. Isso porque o cidadão não precisa mais memorizar novas senhas, e permite que o usuário do gov.br já acesse a plataforma com nível de segurança prata.

Este nível concede acesso aos 4,9 mil serviços públicos disponíveis no gov.br. Entre os serviços disponíveis, está a declaração pré-preenchida do Imposto de Renda, o Valores a Receber do Banco Central, e também benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

Procedimento dos correntistas dos bancos integrados ao gov.br

O procedimento do correntista nos diferentes bancos, basicamente, é o mesmo. Ao acessar a conta, a pessoa visualiza “outras opções de identificação” e, em seguida, clica em “Login com seu banco”.

Na tela seguinte, apareça a logo dos bancos — na qual a pessoa escolhe a respectiva instituição. Não há necessidade de validação facial para obter a conta prata no gov.br. Basta a validação bancária.

O acesso à validação bancária para todos os bancos integrados ao gov.br acontece tanto no formato web quanto pelo aplicativo gov.br.

O secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, Caio Mario Paes de Andrade, afirma que a validação bancária no gov.br é completamente segura.

Ele explica que nem a instituição obtém dados que o governo possui sobre o cidadão, nem vice-versa. Ao mesmo passo, o governo se certifica que o brasileiro é mesmo quem diz ser, que sua identificação é a mesma que o banco já possui.

Motivos para ter a conta no gov.br para acessar serviços do governo

Segundo o Ministério da Economia, alguns dos principais benefícios que os cidadãos obtêm ao se cadastrar no gov.br são facilidade, agilidade e comodidade.

Atualmente, existem 128 milhões de pessoas cadastradas, com simplificado acesso aos serviços públicos do governo — sendo 74% deles totalmente digitais, hoje.

Ao abrir conta no gov.br, de forma gratuita, o usuário é no mínimo nível bronze. Este nível possibilita acesso a um grupo considerável de serviços. Já os serviços considerados mais sensíveis exigem conta prata ou ouro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.