Ator Murilo Rosa é processado por seguradora e pode ter que pagar R$ 13 mil; entenda o caso

A seguradora Tokio Marine está processando o ator Murilo Rosa devido a um acidente de trânsito protagonizado por ele há cerca de um ano. Na ocasião, Murilo bateu com seu Range Rover na traseira de um Honda Civic que esperava o sinal abrir, em um cruzamento na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Murilo já pagou R$ 2.959,34 pela franquia do seguro, mas a empresa cobra agora R$ 13.274,41, o valor total do conserto do veículo avariado. A Tokio Marine argumenta que atua dentro dos seus direitos, pois foi prejudicada pelas ações de terceiros.

A seguradora alega que Murilo Rosa conduzia de forma desatenta e não seguiu as regras de trânsito no momento do acidente. Além disso, afirma ainda que o ator foi procurado diversas vezes para negociar um acordo amigável, que incluía descontos no valor cobrado, mas que ele não aceitou.

Confira a nota da empresa, divulgada no site Splash:

A respeito da notícia envolvendo o ator Murilo Rosa, a Tokio Marine Seguradora informa que cumpriu rigorosamente o que determina o contrato de seguro em relação ao caso. Primeiro, indenizamos os reparos no veículo de nosso segurado por danos causados pelo veículo do ator. E dentro do nosso direito de regresso, ou seja, da garantia de sermos indenizados em razão de um prejuízo causado por um terceiro, procuramos o Sr. Murilo Rosa por diversas vezes para um acordo, inclusive oferecendo um desconto, o que não foi aceito por ele. Diante disso, a única alternativa foi buscar nosso direito pela via judicial. Cumpre ressaltar que tanto o segurado tem direito de cobrar a franquia com a qual arcou, como a seguradora de cobrar a sua parte no prejuízo.

Seguro: direitos do consumidor

De acordo com especialistas, há preceito legal para a cobrança feita judicialmente pela Tokio Marine. No entanto, isso não é comum, devido à dificuldade que as seguradoras normalmente enfrentam para identificar os envolvidos em acidentes de trânsito.

Na maioria dos casos, é cobrada apenas a franquia, que normalmente fica a cargo do cliente da seguradora. A franquia é cobrada para custear parte do conserto do veículo. Seu valor e as situações em que pode ser cobrada estão previstos no contrato do seguro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.