CNH Digital: Como fazer transferência de veículo pelo aplicativo?

As funcionalidades da CNH Digital são várias, e agora tem chamado a atenção pela possibilidade de fazer transferência de veículo. Regulamentado no ano de 2017, a nova versão eletrônica do documento se popularizou entre os motoristas.

A ampla adesão está relacionada às recentes melhorias na plataforma, que retiraram aquele aspecto de que se tratava apenas de uma versão digital do documento impresso, com o poder de evitar multas por não portar o documento físico. Agora, o aplicativo da CNH Digital da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), ampliou as funcionalidades oferecendo os seguintes serviços:

  • Junção de todos os documentos do veículo;
  • Consultas de procedimentos relacionados a multas e aos próprios documentos;
  • Transferência de veículo.

E é justamente este recurso que tem se destacado. A previsão é para que a transferência de veículo pela CNH Digital seja liberada até o final deste mês de março.

Na verdade, é importante mencionar que esse trâmite de transferência de propriedade já podia ser feito pelo aplicativo, mas não de forma integral. Era preciso que algumas etapas fossem realizadas presencialmente ou que uma série de documentos fossem impressos e autenticados.

Agora, todas as etapas serão inteiramente digitais, evitando que o motorista se desloque desnecessariamente até os cartórios. O único procedimento que deve ser mantido nesses moldes é a vistoria do automóvel.

Alguns requisitos necessários para a transferência de veículo pela CNH Digital já foram divulgados, como a necessidade de o comprador e o vendedor possuírem cadastros na plataforma Gov.br. Além do mais, é crucial que toda a documentação do automóvel já tenha sido digitalizada.

Apesar da novidade, o aplicativo oferece serviços que vão muito além e que podem ser extremamente viáveis aos condutores. São eles:

  • Dados de identificação do motorista, como nome completo, CPF, endereço, etc;
  • Dados da habilitação, como registro, Renach, categoria, validade, etc;
  • Registros de pedidos de Permissão Internacional Para Dirigir e habilitação estrangeira, se tiver;
  • Bloqueios ativos na CNH;
  • Foto do condutor usada no documento.

Vale mencionar sobre a possibilidade de salvar e compartilhar o documento de habilitação junto a outros aplicativos e pessoas, entre a alternativa de remover o documento da carteira.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.