Ambulantes e catadores vão receber auxílio de R$ 150; saiba como solicitar

Com o cancelamento do Carnaval de rua em praticamente todo o Brasil, profissionais que trabalham durante o evento podem ter uma redução considerável da sua renda. Foi pensando nisso que algumas prefeituras e até empresas criaram programas de auxílio financeiro e outras iniciativas, voltadas principalmente para vendedores ambulantes e catadores de recicláveis.

Uma das principais é promovida pela cervejaria Ambev, em parceria com o app de entrega de bebidas Zé Delivery. A campanha dará um auxílio de R$ 150 para os vendedores ambulantes. É preciso se cadastrar através dessa plataforma e apresentar documentos que comprovem o exercício da profissão nos últimos Carnavais.

Também foi anunciada uma ação semelhante em socorro dos catadores de recicláveis, também prejudicados com o cancelamento da festa popular. Para eles, o auxílio de R$ 150 será repassado através da Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT), que também fará a seleção de catadores beneficiados junto às cooperativas.

Além disso, a cada entrega realizada pelo app Zé Delivery entre 27 de fevereiro e 5 de março, R$ 5 irão para um fundo a ser repartido entre ambulantes e catadores de recicláveis.

A iniciativa como um todo contará com investimento de R$ 5 milhões. A cervejaria realiza essas ações pelo segundo ano consecutivo. Em 2021, a maior parte dos eventos ligados ao Carnaval também foi cancelada devido à pandemia de Covid-19.

Auxílio em Rio de Janeiro e Recife

A Prefeitura do Rio de Janeiro criou o Auxílio Ambulante, em socorro aos profissionais do setor. Com valor de R$ 500, o auxílio foi concedido a quase 4 mil pessoas no dia 18 de fevereiro. Como uma parcela considerável do público-alvo não foi contemplada, a prefeitura resolveu prolongar o período de cadastramento, que deve ser feito pelo portal carioca.rio.

A Prefeitura de Recife anunciou na terça-feira (1) a criação de um auxílio para catadores e comerciantes informais no valor de R$ 800. O projeto ainda precisa ser aprovado pela Câmara dos Vereadores. Os beneficiários já foram cadastrados, mas é preciso que apresentem RG, CPF e comprovante de endereço nas unidades regionais da Secon (Secretaria Executiva de Controle Urbano).

Artistas e grupos de Carnaval de Pernambuco também receberão auxílios, com valor máximo de R$ 30 mil (no caso do auxílio do governo estadual) e de R$ 60 mil (no caso do auxílio da prefeitura de Recife). Saiba mais.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.