Clubes europeus suspendem contrato com empresa de criptomoedas; saiba o motivo

Os clubes europeus Sporting, de Portugal, e Spezia, da Italia, suspenderam os contratos de patrocínio com a empresa de criptomoedas turca Bitci, segundo a Bloomberg. O Sporting tomou a medida porque a empresa não conseguiu realizar os pagamentos. A razão pela decisão do Spezia não foi informada.

Clubes europeus suspendem contrato com empresa de criptomoedas; saiba o motivo
Clubes europeus suspendem contrato com empresa de criptomoedas; saiba o motivo (Imagem: Montagem/FDR)

Ainda neste mês, a equipe de automobilismo McLaren também havia encerrado contrado de patrocínio com a Bitci. O motivo não foi informado. O acordo com a equipe inglesa de Fórmula 1 durou aproximadamente seis meses.

A Bitci administra uma exchange de moedas digitais e um estabelecimento de mineração. A empresa também disponibiliza fan tokens em parceria com variadas marcas esportivas. Os fan tokens são um tipo de programa de sócio 2.0 com base em blockchain.

Empresa de criptomoedas Bitci ficou responsável por emitir fan tokens da CBF

No ano passado, a Bitci lançou fan tokens para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em setembro, a CBF informou que arrecadou R$ 90 milhões com a venda de 30 milhões de fan tokens. Os itens se esgotaram em 30 minutos.

Já em janeiro deste ano, a Bitci revelou que pretendia disponibilizar uma plataforma de negociação de criptoativos para os brasileiros. O lançamento aconteceria em fevereiro, mas ainda não se concretizou.

Essa iniciativa integra a estratégia de se expandir internacionalmente. Na época do anúncio, o CEO da Bitci, Onur Altan Tan, declarou à Reuters que abrirá uma exchange de criptomoedas no Brasil por que possui ativos valiosos no país.

Parcerias com empresas de criptomoedas vêm crescendo na área esportiva

Apesar do impasse com a Bitci, muitas empresas de criptomoedas têm ampliado espaço na área esportiva. Na Inglaterra, por exemplo, dos 20 clubes de futebol, 17 possuem, ao menos, um acordo com alguma companhia de moedas digitais.

Na manga da camisa do clube Watford, aparece o dogecoin. Já no corpo principal da camisa, está o patrocínio com a Stake.com.

Recentemente, a Crypto.com renomeou o Staples Centers, em Los Angeles, para arena Crypto.com. A companhia ainda patrocina toda a liga de futebol da Itália.

A América do Sul, a Argentina foi a primeira seleção nacional de futebol a possuir um patrocinador de criptomoedas. A equipe firmou contrato com a Binance.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.