Bolsa Família volta a ser pago em 2022? Congresso se pronuncia sobre o assunto

Pontos-chave
  • Bolsa Família pode voltar com novo valor em 2022;
  • Lula anuncia propostas para a população de baixa renda;
  • Benefício deverá ser reformulado para atender um maior grupo.

Diante de especulações sobre a volta do Bolsa Família, Congresso Nacional se pronuncia sobre o assunto. Enquanto o governo libera o Auxílio Brasil para mais de 18 milhões de pessoas, a imprensa questiona notícias sobre o retorno do antigo projeto social. Há afirmações de que sua mensalidade será de R$ 600, entenda.

Bolsa Família volta a ser pago em 2022? Congresso se pronuncia sobre o assunto (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)
Bolsa Família volta a ser pago em 2022? Congresso se pronuncia sobre o assunto (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

O Auxílio Brasil já está em funcionamento, mas há quem acredite que o Bolsa Família irá voltar. Recentemente, passaram a ser compartilhadas noticias sobre a possível retomada do projeto, que teria um valor mensal de R$ 600. A informação, no entanto, não é verdadeira e foi elaborada a partir de especulações sobre o cenário político nacional.

O Bolsa Família vai voltar?

O debate sobre o retorno do Bolsa Família foi ampliado mediante posicionamentos do ex-presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, que defende o funcionamento do projeto com um reajuste em seu valor.

Candidato ao cargo nas eleições de 2022, o petista afirmou que se for eleito deverá trabalhar para ampliar as políticas públicas sociais. É válido ressaltar que o Bolsa Família se consolidou durante o seu mandato e que ele é reconhecido mundialmente por atuar no combate a fome.

Nas últimas semanas, Lula se pronunciou sobre a concessão do Auxílio Brasil, criticando o desenvolvimento das propostas sociais de Bolsonaro.

“O presidente, como qualquer político medíocre e pequeno, acha que pode enganar a população tentando inventar um programa para dizer que é seu em ano eleitoral. É importante o Bolsonaro entender que o povo está mais esperto. A mesma mentira não cola duas vezes. Ele já foi resultado da mentira em 2018. Foi a maior campanha de fake news e de mentiras do Brasil”, disse Lula.

“A nossa proposta era fazer o Bolsa Família, aproveitando a desgraça que a pandemia causou nesse país, para aumentar o Bolsa Família para R$ 600 para que a gente tivesse uma política perene e definitiva aís. Vamos ver o que vai acontecer. Eu não posso dizer o que eu vou fazer, eu tenho primeiro que trabalhar, decidir a minha candidatura, e aí sim a gente vai dizer o que fazer”, acrescentou.

“O povo está cansado de Bolsonaro. O povo está com saco cheio do Bolsonaro. O povo quer alguém que dê um pouco de esperança e um pouco de confiança ao povo brasileiro. É isso que o povo está querendo para 2022. Esse governo Bolsonaro é um pesadelo”, concluiu.

Quem tem direito ao Bolsa Família?

  • Famílias extremamente pobres que têm renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa
  • Famílias pobres que têm renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00 por pessoa
  • Famílias pobres participam do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre 0 e 17 anos

Valor do Bolsa Família

  • Benefício Básico: Famílias em situação de extrema pobreza – R$ 89,00 mensais
  • Benefício Variável: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos – R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00
  • Benefício Variável Jovem: Famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos – R$ 48,00 por mês e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 96,00
  • Benefício para Superação da Extrema Pobreza: famílias em situação de extrema pobreza. Cada família pode receber um benefício por mês – o valor é calculado a partir da renda da família

Documentos necessários para cadastro Bolsa Família

  • Certidão de nascimento
  • Carteira de identidade
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF)
  • Carteira de Trabalho
  • Título de eleitor
  • Comprovante de residência
  • Para os dependentes: certidão de nascimento e RG

Para mais informações sobre o BF, acompanhe nossa página exclusiva do projeto.

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.