Auxílio Brasil e Vale Gás: Novos pagamentos são realizados hoje (21); saiba quem recebe

Após uma breve pausa no calendário de pagamentos durante o final de semana, a Caixa Econômica Federal (CEF) retoma os depósitos do Auxílio Brasil e Vale Gás nesta segunda-feira, 21. Hoje, os contemplados da vez são os beneficiários cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 6.

Auxílio Brasil e Vale Gás: Novos pagamentos são realizados hoje (21); saiba quem recebe
Auxílio Brasil e Vale Gás: Novos pagamentos são realizados hoje (21); saiba quem recebe. (Imagem: FDR)

Lembrando que o Auxílio Brasil já está em sua quarta parcela e o Vale Gás na terceira. Ainda assim, milhares de beneficiários permanecem com dúvidas quanto ao formato de liberação dos respectivos benefícios. Por isso, é importante ressaltar que o Governo Federal decidiu manter o cronograma implementado enquanto o recém extinto Bolsa Família vigorava.

Isso quer dizer que os beneficiários do Auxílio Brasil e Vale Gás recebem o amparo financeiro nos últimos dez dias úteis de cada mês, de acordo com o dígito final do NIS, do 1 ao 0. Para quem não sabe, o número está impresso no cartão de pagamento do programa social, para facilitar a consulta.

Neste sentido, vale mencionar que os pagamentos do Auxílio Brasil e Vale Gás têm sido viabilizados pela conta poupança social digital, gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem. Esta é outra iniciativa que o Governo Federal decidiu manter. A plataforma foi criada pela Caixa Econômica no primeiro semestre de 2020 para unificar os pagamentos do auxílio emergencial.

Diante do sucesso e grande adesão à conta poupança social digital, ela foi mantida e seu uso ampliado para viabilizar outros benefícios, como o seguro-desemprego, abono salarial, BEm, entre outros. No entanto, quem der preferência pelos saques em espécie, basta usar o cartão do programa e se dirigir a uma agência da Caixa, terminal eletrônico, casa lotérica ou correspondente Caixa Aqui.

Vale reforçar que ambos os programas sociais têm o amparo direcionados à população brasileira em situação de vulnerabilidade social. Outro detalhe em comum é que ambos requerem a inscrição na base de dados do Cadastro Único (CadÚnico), cujos dados devem estar atualizados dentro dos últimos dois anos.

A partir daí, alguns outros critérios devem ser levados em consideração. Por exemplo, para receber o Auxílio Brasil é preciso se enquadrar nas linhas de pobreza extrema e pobreza, cuja renda apresentada deve ser entre R$ 100 e R$ 200. Já na hipótese do Vale Gás, os requisitos necessários, são:

  • Famílias inscritas no CadÚnico, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional
  • Famílias que tenham entre seus membros residentes no mesmo domicílio quem receba o benefício de prestação continuada da assistência social, o BPC, que prevê um salário mínimo mensal à pessoa com deficiência e ao idoso com 65 anos ou mais que comprovem não possuir meios de prover a própria manutenção nem a família.
  • A lei estabelece que o auxílio será concedido “preferencialmente às famílias com mulheres vítimas de violência doméstica que estejam sob o monitoramento de medidas protetivas de urgência”.

Lançado em novembro de 2021, o Auxílio Brasil começou pagando uma parcela de R$ 217,18 para as 14,5 milhões de famílias que já estavam inscritas no Bolsa Família até outubro do ano passado. Em dezembro, a tão prometida parcela de R$ 400 começou a ser viabilizada, mas somente a partir de janeiro uma segunda parte das promessas de Bolsonaro pôde ser cumprida.

Trata-se da ampliação no número de beneficiários, que em janeiro aumentou para 17,5 milhões e em fevereiro inclui mais de meio milhão de famílias, passando para cerca de 18,5 milhões de famílias incluídas na transferência de renda. Com a última inclusão, o Governo Federal afirmou ter zerado, por hora, a lista de espera de elegíveis ao programa.

Enquanto isso, ainda em dezembro de 2021 o Governo Federal que se empenhava nesta tratativa, conseguiu lançar o Vale Gás. Mas por hora, somente uma pequena parcela dos beneficiários do Auxílio Brasil (5,47 milhões) recebem o auxílio gás. Essas pessoas recebem a cada dois meses um benefício de 50% do preço atual de mercado do botijão de gás.

Calendário do Auxílio Brasil e Vale Gás em fevereiro

  • NIS final 1: 14 de fevereiro;
  • NIS final 2: 15 de fevereiro;
  • NIS final 3: 16 de fevereiro;
  • NIS final 4: 17 de fevereiro;
  • NIS final 5: 18 de fevereiro;
  • NIS final 6: 21 de fevereiro;
  • NIS final 7: 22 de fevereiro;
  • NIS final 8: 23 de fevereiro;
  • NIS final 9: 24 de fevereiro;
  • NIS final 0: 25 de fevereiro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.