Qual é a prioridade para os brasileiros? Primeiro lugar surpreende; confira

A prioridade do cidadão brasileiro foi considerada um tanto inédita. De acordo com uma pesquisa Censo de Moradia QuintoAndar realizada pela startup em parceria com o Instituto Datafolha, os brasileiros têm valorizado mais a casa própria do que os filhos, a estabilidade e a religião.

De acordo com o levantamento, a conquista do imóvel próprio é o desejo de 87% dos entrevistados. Vale mencionar que a pesquisa entrevistou 3.186 brasileiros com idade a partir de 21 anos, residentes de todas as regiões do país. O levantamento foi realizado entre o período de 11 a 21 de outubro de 2021.

A relevância da casa própria recebeu a média de 9,7 em uma escala de 0 a 10, ficando empatada com a profissão e ultrapassando as seguintes categorias:

  • Estabilidade financeira – 9,6;
  • Plano de saúde – 9,2;
  • Religião – 9;
  • Filhos – 7,9;
  • Casamento – 6,9.

Para o diretor de comunicação do QuintoAndar, Bruno Rossini, a pesquisa foi capaz de destacar o fato de que os entrevistados prezam mais pela moradia e profissão. Entenda o sonho da casa própria em % a seguir:

Por classe social:

  • A – 70%;
  • B – 80%;
  • C – 88%;
  • D e E – 92%.

Agora observe a relevância de cada item prioritário para os brasileiros em uma escala de 0 a 10:

  • Casa própria – 9,7;
  • Profissão – 9,7;
  • Estabilidade financeira – 9,6;
  • Família – 9,4;
  • Plano de saúde – 9,2;
  • Religião – 9;
  • Negócio próprio – 8,8;
  • Carro – 8,5;
  • Filhos – 7,9;
  • Casar – 6,9.

O levantamento mostra que a suposta crença de que os jovens brasileiros não dariam tanta importância à posse de bens como a casa própria nitidamente não é evidenciada. Isso porque, 91% dos jovens com idade entre 21 a 24 anos afirmaram sonhar em adquirir um imóvel próprio.

No entanto, o percentual reduz gradativamente à medida que a idade dos brasileiros avança. Por exemplo, cidadãos com mais de 60 anos de idade representam apenas 81% dos interessados em ter ou manter a casa própria. Segundo o censo do QuintoAndar, 7 em cada 10 entrevistados moram nas próprias casas

Deste total, 62% já possuem residências quitadas e 8% ainda têm que lidar com financiamentos. Enquanto isso, outros 27% moram em casas alugadas e 3% em residências cedidas ou emprestadas.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.