Analistas listam suas ações favoritas para fevereiro; confira seleção

Janeiro foi marcado pela retomada do Ibovespa, que teve alta de 6,98%. Isso aconteceu, principalmente, devido ao fluxo estrangeiro. Para fevereiro, há a expectativa que esse movimento continue. Neste contexto, analistas listam suas ações favoritas para fevereiro, segundo levamento realizado pelo InfoMoney.

Analistas listam suas ações favoritas para fevereiro; confira seleção
Analistas listam suas ações favoritas para fevereiro; confira seleção (Imagem: Montagem/FDR)

Devido aos preços descontados e os juros altos, o Banco Citi prevê que o fluxo estrangeiro siga em fevereiro. Esse movimento já reflete no mercado.

Dentre as ações mais indicadas, por dez corretoras, para fevereiro, lideram as grandes empresas e exportadoras. Estas companhias tendem a chamar a atenção dos investidores estrangeiros.

Analistas listam suas ações favoritas para fevereiro

  • Vale (VALE3): 8 recomendações

Entre as razões informadas pelos analistas, para a indicação, está o desconto da ação em comparação à sua média histórica.

Ao menos no curto prazo, o estrategista de ações da Santander Corretora, Ricardo Peretti, acredita na manutenção dos valores do minério de ferro de alta qualidade.

Em relatório do BTG Pactual, Carlos Sequeira, Osni Carfi, Bruno Lima e Luiz Temporini observam um cenário favorável para a rentabilidade do banco — com alta de 10% na carteira de crédito neste ano.

Apesar da proximidade das eleições — de modo a ação da estatal se tornar mais volátil —, os analistas da Ágora entendem que compensa a relação de risco e retorno da empresa.

No plano estratégico, a empresa inseriu novos investimentos, dividendos robustos, iniciativas ESG e curva de produção mais forte.

  • Suzano (SUZB3): 4 recomendações

Os analistas da Elite Investimentos, Alexandre de Macedo e Marcelo Matos, em relatório, afirmam que a companhia deve se favorecer da alta nos preços de celulose. Outro fator positivo é a retomada da demanda da China.

  • Weg (WEGE3): 4 recomendações

Os analistas da XP alegam que, no curto prazo, a empresa possui sólidas projeções de crescimento — além de forte potencial para o longo prazo. Isso se sustenta pelas teses inovadoras e participação em mercados externos. Outro aspecto é que companhia está bem-posicionada na ótica ESG.

  • Arezzo (ARZZ3): 4 recomendações

Conforme analistas do BTG Pactual, há uma perspectiva positiva para a ação, ao considerar que a empresa é resiliente às quedas do mercado doméstico — via multicanalidade e e-commerce. O retorno do consumo pelas classes de renda alta deve favorecer a companhia.

  • Lojas Renner (LREN3): 4 recomendações

No entendimento da Ágora, a companhia tem apresentando retomada nas margens e vendas. Diante de um panorama macroeconômico difícil, os agentes de mercado projetam que a empresa tem mais condições de aplicar em novas iniciativas, em relação a seus pares.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.