3 em cada 4 novos empregos são gerados pelas pequenas empresas; saiba mais

De acordo com um levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) identificou que as micro e pequenas empresas são as principais gerados de novos empregos no país.

A pesquisa realizada pelo Sebrae teve como base os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de novembro de 2021. De acordo com o levantamento, as micro e pequenas empresas são responsáveis por 76% das novas vagas de emprego geradas no Brasil.

Esse cenário já segue desde setembro de 2019, ou seja, são 15 meses consecutivos que as micro e pequenas empresas são as principais gerados de trabalho no país.

Ainda de acordo com a pesquisa, a média mensal é superior a 70%. Os principais setores que geraram vagas de trabalho durante esse período foram: comércio (116,7 mil), seguido pelos setores de serviços (98,7 mil), construção (16,7 mil) e indústria (15,2 mil).

O Sebrae também analisou os dados do Caged sobre a criação de vagas de emprego entre as empresas de médio e grande porte. De acordo com o levantamento, os setores que mais se destacaram durante esse período forma: serviços (80,8 mil vagas), seguido pelo comércio (21,3 mil).

Em contrapartida, os setores da agropecuária, indústria e a construção apresentaram saldo negativo. Essa situação é resultado do período de recessão vivenciado pelo país que foi agravado pela pandemia de Covid-19 e pelas medidas de restrição social adotadas pelo governo.

Crescimento das micro e pequenas empresas

O número de brasileiros que passaram a investir no próprio sonho cresceu muito nos últimos anos e, diante da pandemia de Covi-19, só fez aumentar. Muitos trabalhadores se viram desempregados e, diante disso, viram no empreendedorismo a solução para os problemas.

Outros brasileiros passaram a integrar o time de microempreendedores com o intuito de ter mais flexibilidade no horário de trabalho, trabalhar em algo mais pessoal ou aumentar a renda.

Segundo um estudo realizado pelo SEBRAE com dados da Receita Federal, apenas no primeiro semestre de 2021 foram abertas mais de 2 milhões de pequenas empresas.

Esse número é 35% maior que o mesmo período de 2020. As microempresas foram as que tiveram um maior aumento, saindo de pouco mais de 267 mil para mais de 390 mil, um crescimento de 46%.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.