IPTU 2022: população de Goiânia já pode retirar boletos; saiba como

Desde a manhã desta sexta (21) os moradores de Goiânia (GO) podem emitir os boletos para pagamento do IPTU 2022. Neste ano, é possível ter desconto de 10% no pagamento da cota única até 21 de fevereiro e pagar parcelado, sem desconto, em 11 vezes.

Para emitir o boleto do IPTU, o contribuinte deve acessar o site da prefeitura, nessa página. Deverá informar a Inscrição Cadastral (consta nos boletos anteriores) e a data de pagamento desejada. Lembrando que o vencimento da primeira parcela ocorre no dia 20 de fevereiro.

O boleto pode ser pago nas agências e canais eletrônicos dos bancos conveniados (Banco do Brasil, BANCOOB, Caixa, Itaú e Mercantil do Brasil) ou em lotéricas.

Mudanças no IPTU de Goiânia

Em setembro do ano passado, a Câmara dos Vereadores aprovou um novo Código Tributário modificando a forma de cobrança do IPTU. Antes, ela era feita com base na região da cidade onde o imóvel estivesse localizado. Agora, o critério principal é o valor venal do imóvel, que também foi reajustado.

O reajuste dos valores venais ocorre da seguinte forma: o valor da área construída é reajustado de acordo com o CUB (Custo Unitário Básico), enquanto o valor do terreno é reajustado de acordo com o IPCA.

Novas alíquotas também foram criadas e variam conforme o valor venal. Veja como ficaram:

  • Imóveis residenciais: 0,15% (até R$ 100 mil) a 0,55% (mais de R$ 1 milhão)
  • Imóveis não residenciais: 0,75% (até R$ 200 mil) a 1% (mais de 1 milhão)
  • Imóveis não edificados: 2% (até R$ 40 mil) a 3,8% (mais de R$ 300 mil)

Segundo a prefeitura, a alteração não visa elevar a arrecadação com o imposto, mas sim promover maior justiça fiscal. Estima-se que 213 mil moradores terão uma redução no valor do IPTU pago este ano, podendo variar de R$ 38 a R$ 127 a menos. Por outro lado, imóveis que valem mais de R$ 1 milhão pagarão em média R$ 375 a mais.

Isenção do IPTU 2022

Em Goiânia, o IPTU Social concederá isenção integral do imposto para imóveis com valor venal de até R$ 120 mil. Confira os outros casos de isenção:

  • Templos religiosos
  • Associações esportivas (devem cumprir critérios específicos)
  • Imóveis tombados (desde que mantenham características originais)
  • Isenção de cinco anos para imóveis recém-adquiridos nos bairros Centro, Campinas e Vila Nova
  • Isenção de dois anos para empresários do programa Fachada Limpa

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Amaury Nogueira
Amaury da Silva Nogueira é bacharelando em Letras/Edição pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Apaixonado pelo universo da escrita, atua há dois anos como redator e realiza pesquisas sobre história da edição no Brasil. Além disso, atualmente pesquisa também sobre direitos e benefícios sociais para agregar conhecimento na redação do portal de notícias FDR.