IPVA 2022 RJ: guia de pagamento já está disponível; confira como consultar

Os contribuintes do Rio de Janeiro (RJ) podem ficar despreocupados, pois a emissão das guias de pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) finalmente foi disponibilizada nesta terça-feira, 11. O documento pode ser obtido tanto pelo site da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz) quanto do banco Bradesco. 

publicidade
IPVA 2022 RJ: guia de pagamento já está disponível; confira como consultar
IPVA 2022 RJ: guia de pagamento já está disponível; confira como consultar. (Imagem: FDR)

É importante explicar que ao buscar pela emissão da Guia de Regularização de Débitos (GRD), o contribuinte precisa ter em mãos o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Com as guias em mãos, é possível optar pelo meio de pagamento mais conveniente para cada caso, seja em cota única ou parcelado. 

No entanto, quem escolher pagar o IPVA à vista será contemplado por um desconto de 3%, mas se desejar e precisar parcelar, o valor total poderá ser pago em até três vezes e sem nenhum desconto. Em qualquer um dos casos, é essencial que o pagamento seja efetuado até o dia 21 de janeiro para os veículos com placa final 0, somente assim o desconto e o parcelamento serão validados. 

publicidade

No Rio de Janeiro, não houve nenhuma alteração nas alíquotas incidentes sobre o valor final do IPVA. Isso quer dizer que os percentuais são cobrados da seguinte maneira:

  • 1,5% para automóveis com até três anos de fabricação usados em locação;
  • 1% para caminhões, caminhões tratores e táxis;
  • 1,5% para veículos híbridos ou a GNV;
  • 2% para motocicletas, ciclomotores, triciclos, motonetas, ônibus e automóveis a álcool;
  • 3% para caminhões com capacidade para transportar até três pessoas;
  • 4% para automóveis de passeio e camionetas, inclusive a gasolina ou a diesel, com exceção dos utilitários. 

Veja a seguir o calendário de vencimentos do IPVA do Rio de Janeiro em 2022:

Final da Placa Cota única ou 1ª parcela 2ª parcela 3ª parcela
0 21 de janeiro 21 de fevereiro 23 de março
1 24 de janeiro 23 de fevereiro 25 de março
2 25 de janeiro 24 de fevereiro 28 de março
3 26 de janeiro 25 de fevereiro 29 de março
4 27 de janeiro 3 de março 4 de abril
5 28 de janeiro  4 de março 5 de abril
6 31 de janeiro 7 de março 6 de abril
7 1 de fevereiro 8 de março 7 de abril
8 2 de fevereiro 9 de março 8 de abril
9 3 de fevereiro 10 de março 11 de abril

No estado do Rio de Janeiro, a isenção do IPVA é direcionada aos veículos com mais de 15 anos de fabricação. Mas é importante saber que existem alguns modelos de isenção, como a automática, voltada a categorias trabalhistas que utilizam o automóvel como instrumento de trabalho. 

Neste cenário, é possível incluir os seguintes trabalhadores:

publicidade
  • Taxistas;
  • Mototaxistas;
  • Ônibus para transporte escolar e para pessoas com direito diplomático;
  • Trens e máquinas agrícolas;
  • Maquinário de construção civil, industrial ou no manejo de cargas, etc;

Ainda que se tratem de concessões automáticas, é comum haver erros que impedem esta liberação por alguma razão. Se isso acontecer, o proprietário do veículo deve acessar o portal da Secretaria de Fazenda do Estado do RJ (Sefaz-RJ) e fazer a solicitação através de uma ação declaratória tributária.

Lembrando que, se o proprietário possuir alguma doença grave ele poderá receber a isenção do IPVA, tanto para carros novos quanto usados. Mas para isso, é preciso que estejam devidamente adaptados para uso especial e com a liberação de condução de acordo com a aptidão física do requerente e acompanhamento médico. 

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.