IPVA SP 2022 sobe, em média, mais de 22%; pagamentos à vista têm desconto

Na última quarta-feira (22), governo de São Paulo divulgou os valores venais dos veículos disponíveis para o pagamento da Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2022. Diante disso, já é esperado que o IPVA SP 2022 tenha um reajuste superior a 22%.

IPVA SP 2022 sobe, em média, mais de 22%; pagamentos à vista têm desconto
IPVA SP 2022 sobe, em média, mais de 22%; pagamentos à vista têm desconto (Imagem: FDR)

A lista divulgada na quarta (22) pelo governo estadual é composta por 12.221 diferentes marcas dos veículos que são cobrados o IPVA SP 2022. Por enquanto, a consulta do valor do tributo ainda não está disponível, mas deve ser disponibilizada até 31 de dezembro.

A Secretaria da Fazenda estadual estima uma arrecadação de R$ 21,8 bilhões com o IPVA SP 2022. Com o valor venal do veículo é possível calcular o tributo, desde que saiba a alíquota do veículo cobrada no estado. Veja abaixo:

  • 4% para carros de passeio;
  • 2% para motocicletas e similares, caminhonetes cabine simples, micro-ônibus, ônibus e maquinário pesado;
  • 1,5% para caminhões;
  • 1% para veículos de locadoras.

As alíquotas do IPVA SP 2022 continuarão as mesmas que foram cobradas neste ano. Porém, o valor venal dos veículos subiu 22,54% em média neste ano, segundo a pesquisa anual feita pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

Por esse motivo, o IPVA SP 2022, mesmo com o congelamento das alíquotas, terá um reajuste superior a 22%. Os maiores preços de venda foram registrados entre caminhões usados (25,17%). Em seguida, camionetas e utilitários (23,50%), motocicletas (23,33%), automóveis (21,99%) e ônibus e micro-ônibus (15,57%).

O calendário de pagamento do IPVA SP 2022 também foi divulgado pelo governo estadual, sendo que inicia no dia 10 de janeiro. Os proprietários de veículos usados que optarem pelo pagamento em cota única e de forma antecipada poderão garantir desconto de 9%.

O IPVA SP 2022 poderá ser parcelado em até cinco vezes sem juros. Aqueles que possuírem veículos usados e optarem pelo pagamento integral do imposto no mês de fevereiro ou pelo parcelamento terão uma redução de 5% no tributo.

Para os proprietários de veículos 0 km, o desconto será de 3% para o pagamento até o quinto dia da emissão da nota fiscal. Caso opte pelo parcelamento em até cinco vezes, não será concedido nenhum desconto.

É importante lembrar que antes os descontos só eram de 3% e o parcelamento em três vezes. A ampliação foi autorizada pela Assembleia Legislativa do estado de São Paulo. O contribuinte que não fizer o pagamento do tributo estará sujeito à multa de 0,33% por dia de atraso e juros de mora com base na taxa Selic.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.