Fim da novela: comissão da Congresso aprova orçamento com R$ 1,7 bi para reajuste aos policiais

Servidores têm reajuste salarial aprovado. Nessa terça-feira (21), o Congresso Nacional aprovou o projeto de lei que determina o orçamento público de 2022. Com isso, os policiais militares terão um acréscimo de R$ 1,74 bilhão em sua folha orçamentária, cumprindo então a promessa de Bolsonaro de aumento de renda para a categoria. Acompanhe.

Fim da novela: comissão da Congresso aprova orçamento com R$ 1,7 bi para reajuste aos policiais (Imagem: FDR)
Fim da novela: comissão da Congresso aprova orçamento com R$ 1,7 bi para reajuste aos policiais (Imagem: FDR)

Após polemicas entre o ministro da economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro, a proposta de aumento salarial para os policiais militares finalmente foi aprovada. O valor de R$ 1,74 bilhões acaba de ser incluso no projeto orçamentário de 2022 de modo que seja possível fazer o reajuste.

Policiais com salários maiores

Em novembro deste ano, Bolsonaro informou que estaria trabalhando para aumentar o salário dos policiais militares. De acordo com ele, a medida já estava dentro da programação fiscal do governo e seria aplicada a partir do próximo ano.

“Teria [que ser reajuste de] 3%, 4%, 5%, 2%… Que seja 1%. Essa é a ideia. Porque nós estamos completando aí no meu governo três anos sem reajuste. Agora, o reajuste não é para recompor toda a inflação, porque não temos espaço para isso“, disse Bolsonaro em entrevista à Gazeta do Povo.

Apesar da fala do presidente, o chefe da pasta econômica, Paulo Guedes, deu um pronunciamento afirmando que a proposta não tinha sido aprovada. Em entrevista, alegou que o projeto fiscal de 2022 já tinha sido fechado e não havia valor em caixa para custear a medida.

Diante de tal conflito, os policiais passaram a demonstrar insatisfação com o governo, gerando um clima de tensão para Bolsonaro. Ciente da eleição de 2022, o chefe de estado insistiu na proposta para garantir o apoio da categoria em sua reeleição.

O texto validado pelo Congresso garante a concessão do reajuste salarial dos militares. O repasse acontecerá mediante a aprovação da PEC dos Precatórios que ampliará o orçamento em quase R$ 99 bilhões.

Diante das mudanças, espera-se que os policiais militares mantenham o apoio a Bolsonaro nas eleições de 2022. O chefe de estado ainda não confirmou sua candidatura, mas deve lançar seu nome no primeiro semestre do próximo ano ao lado do vice que até o momento não foi anunciado.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.