Fim da novela: comissão da Congresso aprova orçamento com R$ 1,7 bi para reajuste aos policiais

Servidores têm reajuste salarial aprovado. Nessa terça-feira (21), o Congresso Nacional aprovou o projeto de lei que determina o orçamento público de 2022. Com isso, os policiais militares terão um acréscimo de R$ 1,74 bilhão em sua folha orçamentária, cumprindo então a promessa de Bolsonaro de aumento de renda para a categoria. Acompanhe.

publicidade
Fim da novela: comissão da Congresso aprova orçamento com R$ 1,7 bi para reajuste aos policiais (Imagem: FDR)
Fim da novela: comissão da Congresso aprova orçamento com R$ 1,7 bi para reajuste aos policiais (Imagem: FDR)

Após polemicas entre o ministro da economia, Paulo Guedes, e o presidente Jair Bolsonaro, a proposta de aumento salarial para os policiais militares finalmente foi aprovada. O valor de R$ 1,74 bilhões acaba de ser incluso no projeto orçamentário de 2022 de modo que seja possível fazer o reajuste.

Policiais com salários maiores

Em novembro deste ano, Bolsonaro informou que estaria trabalhando para aumentar o salário dos policiais militares. De acordo com ele, a medida já estava dentro da programação fiscal do governo e seria aplicada a partir do próximo ano.

publicidade

“Teria [que ser reajuste de] 3%, 4%, 5%, 2%… Que seja 1%. Essa é a ideia. Porque nós estamos completando aí no meu governo três anos sem reajuste. Agora, o reajuste não é para recompor toda a inflação, porque não temos espaço para isso“, disse Bolsonaro em entrevista à Gazeta do Povo.

Apesar da fala do presidente, o chefe da pasta econômica, Paulo Guedes, deu um pronunciamento afirmando que a proposta não tinha sido aprovada. Em entrevista, alegou que o projeto fiscal de 2022 já tinha sido fechado e não havia valor em caixa para custear a medida.

Diante de tal conflito, os policiais passaram a demonstrar insatisfação com o governo, gerando um clima de tensão para Bolsonaro. Ciente da eleição de 2022, o chefe de estado insistiu na proposta para garantir o apoio da categoria em sua reeleição.

O texto validado pelo Congresso garante a concessão do reajuste salarial dos militares. O repasse acontecerá mediante a aprovação da PEC dos Precatórios que ampliará o orçamento em quase R$ 99 bilhões.

Diante das mudanças, espera-se que os policiais militares mantenham o apoio a Bolsonaro nas eleições de 2022. O chefe de estado ainda não confirmou sua candidatura, mas deve lançar seu nome no primeiro semestre do próximo ano ao lado do vice que até o momento não foi anunciado.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!