Sem voucher creche no Auxílio Brasil, governo anuncia nova solução para população

A Medida Provisória (MP) que determina a criação do Auxílio Brasil foi aprovada na Câmara dos Deputados em 25 de novembro. A votação aconteceu depois do relator do texto, o deputado Marcelo Aro, realizar a edição dos mecanismos da medida.

Sem voucher creche no Auxílio Brasil governo tem nova solução para vulneráveis
Sem voucher creche no Auxílio Brasil governo tem nova solução para vulneráveis (Foto: FDR)

A edição afetou o voucher creche que seria pago para as famílias beneficiárias que tem em sua composição crianças. Atualmente, o Auxílio Brasil paga o valor de R$217,18 para cerca de 14,6 milhões de famílias carentes.

O Auxílio Criança Cidadã, estava atrelado ao programa que substitui o Bolsa Família. O complemento em formato de voucher seria para arcar com os custos da creche e previa um pagamento no valor de R$ 200 a R$ 300. 

Para receber, as famílias precisariam ter em sua composição crianças na faixa etária de zero a quatro anos de idade. Além disso, seria necessário não ter conseguido uma vaga para as crianças em uma das creches da rede pública.

Após a mudança, o valor será repassado para as instituições conveniadas. Essa ação tem como objetivo fomentar a educação pública, embora não garanta que as famílias que precisam terão ajuda para deixar os filhos em segurança enquanto trabalham.

A alteração no benefício complementar do Auxílio Brasil foi a que mais recebeu a atenção dos parlamentares durante a sessão que votou e aprovou a MP do programa, contando com a forte mobilização dos deputados da oposição. 

Auxílio Brasil

O governo federal começou a realizar o pagamento ao Auxílio Brasil no mês de novembro. Para serem incluídos no pagamento do novo benefício é preciso seguir algumas regras

Como será realizado o pagamento?

Os beneficiários do antigo programa Bolsa Família serão automaticamente migrados para o Auxílio Brasil, mas podem continuar utilizando o mesmo cartão e senha para o saque do benefício. 

O pagamento continuará a ser realizado por meio do aplicativo Caixa Tem, assim, a movimentação continuará sendo realizada pelo mesmo.

Quem pode receber o Auxílio Brasil?

A principal regra do governo é que a família esteja registrada no Cadastro Único. 

Para entrar no programa, os beneficiários precisam comprovar:

  • Ter renda familiar per capita de até R$ 89;
  • Ter renda familiar per capita de até R$ 178 (no caso de famílias que tenham em sua composição gestantes, nutrizes, crianças e/ou adolescentes até 17 anos);
  • Estar com dados atualizados no CadÚnico há, pelo menos, dois anos.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.