Bolsa Família conseguiu reduzir 17% da mortalidade infantil no país, diz pesquisa

O Bolsa Família beneficia mais de 13,9 milhões de famílias em todo o país. Esse dinheiro é direcionado às famílias em situação de pobreza e extrema pobreza. O objetivo é que as mesmas consigam superar a situação de vulnerabilidade social.

Bolsa Família conseguiu reduzir 17% da mortalidade infantil no país, diz pesquisa
Bolsa Família conseguiu reduzir 17% da mortalidade infantil no país, diz pesquisa (Imagem: montagem/FDR)

Pesquisadores do Centro de Integração de Dados e Conhecimento para Saúde (Cidacs) da Fiocruz Bahia, em parceria com a Universidade Federal da Bahia (UFBA) e com a Escola de Medicina Tropical e Higiene de Londres, realizaram um estudo sobre o Bolsa Família.

A pesquisa, pela primeira vez, demonstrou que o programa Bolsa Família diminuiu a mortalidade infantil. Além de melhorar as condições de saúde de crianças no Brasil em uma década, de 2006 até 2015.

A publicação do estudo foi feita na última terça-feira (28). O trabalho foi publicado na edição especial sobre a saúde infantil e do adolescente na revista científica PLoS Medicine. Trata-se de uma das revistas mais conceituadas na área.

Na época do estudo, foram analisados dados de mais de 6 milhões de famílias brasileiras com crianças com idade menor que cinco anos. Dessas famílias, 77% (4.858.253) recebiam o benefício do Bolsa Família e os outros 23% (1.451.113) não recebiam.

O resultado da pesquisa foi que nas famílias que receberam o benefício do programa Bolsa Família, a mortalidade infantil caiu 17% em relação às famílias que não receberam o auxílio do programa.

Em relação às famílias que tinham crianças com o nascimento prematuras, a queda da mortalidade foi de 22%. No caso das filhas de mães negras foi de 26%, e dos moradores dos municípios mais pobres do país a queda foi de 28%.

Dandara de Oliveira Ramos, pesquisadora e professora do Instituto de Saúde Coletiva da UFBA, explica que o foco da pesquisa não era comparar a renda ou a localização dos dois grupos, mas encontrar um conjunto de variáveis iguais para os grupos.

Contudo, de acordo com a pesquisadora, apesar do baixo percentual de famílias não beneficiadas pelo programa, foi encontrado uma redução da mortalidade infantil de 17%, que confirma os resultados do Bolsa Família na redução da desigualdade social.

A pesquisa confirmou também que o aumento da quantidade de beneficiários é proporcional ao aumento pela busca por serviços de saúde. Uma vez que consultas como o pré-natais e a carteira de vacinação são necessários para receber o Bolsa Família.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA