Consulta à restituição do IRPF fica disponível nesta terça-feira (24)

O 4º lote de restituição do Imposto de Renda 2021 acontecerá no dia 31 de agosto para 3,81 milhões de contribuintes. Com isso, a Receita Federal disponibilizará, nesta terça-feira (24), a partir das 10h, as consultas da restituição do IRPF.

Consulta à restituição do IRPF fica disponível nesta terça-feira (24)
Consulta à restituição do IRPF fica disponível nesta terça-feira (24) (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Mais uma restituição do IRPF, relativo ao ano-base 2020, será paga. Além disso, serão contempladas restituições residuais de anos anteriores. Diante disso, a consulta estará disponível a partir desta terça-feira (24), às 10h.

Esse será o 4º lote de restituição do IRPF e irá contemplar 3,81 milhões de contribuintes. Segundo a Receita Federal, as restituições somam R$ 5,1 bilhões. O valor será depositado no dia 31 de agosto.

A consulta da restituição do IRPF pode ser feita de duas maneiras: no site da Receita Federal ou no aplicativo da Receita. O 4º lote também irá contemplar os contribuintes com prioridade legal. São eles:

  • Contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (6.088);
  • Idosos acima de 80 anos (8.185);
  • Contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério (26.647);
  • Contribuintes entre 60 e 79 anos (67.893).

Além desses, a Receita Federal informou que mais 3.710.930 contribuintes não prioritários foram contemplados nessa restituição. Esses entregaram as declarações de exercícios anteriores até o dia 16 de agosto de 2021.

De acordo com o órgão, ao consultar a restituição os contribuintes poderão conferir, se há ou não pendências que impeçam o pagamento da restituição. Dessa maneira, será possível verificar se ele caiu na chamada “malha fina” do leão.

Para isso, basta acessar o “extrato” do Imposto de Renda no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento), utilizando o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

Ao entrar selecione a opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da DIRPF)”, clique em “Processamento” e escolha o item “Pendências de Malha”. A plataforma irá informar se há alguma pendência na declaração e qual é o motivo pelo qual ela foi retida.

Caso a pendência seja por que houve algum erro no preenchimento ou falta de informação é possível fazer uma retificação da declaração, desde que ainda não tenha recebido o termo de intimação.

As restituições de declarações em situação de malha só são liberadas após serem corrigidas pelos contribuintes ou após comprovar que a declaração está correta.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.4
Total de Votos: 14

Consulta à restituição do IRPF fica disponível nesta terça-feira (24)

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA