Prefeituras em SP exigem que adolescentes estejam acompanhados para vacinação

Nove cidades do Estado de São Paulo iniciaram a vacinação em adolescentes de 12 a 17 anos. O município de Poá foi o primeiro, aplicando a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 na última sexta-feira (13).

Prefeituras em SP exigem que adolescentes estejam acompanhados para vacinação
Prefeituras em SP exigem que adolescentes estejam acompanhados para vacinação (Imagem: Agência Saúde DF)

A vacinação de adolescentes com o imunizante Pfizer foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Com isso, alguns estados passaram a elaborar um novo cronograma de imunização incluindo a nova faixa etária.

O estado de São Paulo iniciou ontem (18), a vacinação de adolescentes de 16 e 17 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas. Esse primeiro grupo irá receber a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 até o dia 25 de agosto.

A partir do dia 26 até 29 de agosto, o estado aconselha os municípios a vacinar os adolescentes de 12 a 15 anos com comorbidades, deficiências, gestantes e puérperas. Após esses grupos prioritários a vacinação em geral dos adolescentes irá começar.

No dia 30 de agosto a 5 de setembro, o estado de São Paulo irá imunizar os adolescentes de 15 a 17 anos. Por fim, os jovens de 12 a 14 anos receberam a vacina entre os dias 6 a 12 de setembro.

Esse cronograma apresentado pelo governo estadual serve de orientação para os municípios paulistas. Porém, cada região pode elaborar o seu próprio calendário, conforme o quantitativo da população, número de doses recebidas e a atual situação da vacinação.

Diante disso, o município de Poá começou a vacinação dos adolescentes com comorbidades, gestantes ou puérperas com idade a partir de 15 anos na última sexta-feira (13). Na segunda-feira (16), a cidade já estava imunizando os adolescentes com 12 anos com as mesmas condições.

Mauá e Ribeirão Pires iniciaram a imunização dos adolescentes no último sábado (14) e Rio Grande da Serra no domingo (15). Na última terça-feira (17), Itapecerica da Serra, Francisco, Conchas, Guapiara e Taguaí começaram a vacinação dos moradores de 16 e 17 anos com comorbidades.

Em todas as cidades, é exigido que os adolescentes sejam acompanhados por um dos responsáveis. Caso não seja possível, é permitido que seja outro adulto com autorização assinada pelo responsável.

Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto, laudo médico que comprove a condição e comprovante de residência. O comprovante pode ser no nome do pais ou irmão, desde que seja apresentado um documento que comprove o vínculo.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Prefeituras em SP exigem que adolescentes estejam acompanhados para vacinação

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA