Cartão Gás no Distrito Federal promete beneficiar 70 mil famílias vulneráveis

O Distrito Federal irá pagar o Cartão Gás às famílias em situação de vulnerabilidade social. O benefício será concedido a cada dois meses. O valor de R$ 100 será destinado para a compra do botijão de gás de cozinha.

Cartão Gás no Distrito Federal promete beneficiar 70 mil famílias vulneráveis
Cartão Gás no Distrito Federal promete beneficiar 70 mil famílias vulneráveis (Imagem: Renato Alves/Agência Brasília)

Na última terça-feira (10/8), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), sancionou o Projeto de Lei que institui o programa Cartão Gás. O benefício será concedido a cerca de 70 mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

O Projeto de Lei foi aprovado com 18 votos favoráveis pela Câmara Legislativa do Distrito Federal. A cada dois meses, as famílias contempladas, irão recebe R$ 100 para auxiliar na compra do botijão de gás de cozinha. É importante lembrar que, atualmente, o item está, em média, custando R$ 100.

O Cartão Gás faz parte do programa Prato Cheio. Esse já atende aproximadamente 40 mil famílias em situação de risco social com uma ajuda financeira de R$ 250. O valor é destinado para a compra de alimentos contribuindo para as despesas da família.

“Nós estamos fazendo um trabalho muito grande através do cartão do prato cheio, com a modernização da distribuição das cestas básicas. Mas faltava como cozinhar esses alimentos. Agora com o cartão gás, 70 mil famílias vão ter acesso ao botijão de gás”, destacou o governador durante o evento.

O Cartão Gás poderá ser usado na função débito, porém, apenas em estabelecimentos cadastrados. O programa terá a duração de 18 meses. Para ser beneficiado, os moradores precisam atender aos seguintes critérios:

  • Estar inscrito no Cadastro Único;
  • Ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo;
  • Ter declarado comprometimento de renda com a aquisição do GPL 13 kg;
  • Residir no Distrito Federal;
  • Ter idade igual ou superior a 16 anos.

A Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) será responsável pela execução do programa. O cadastro e a fiscalização dos estabelecimentos comerciais ficarão a cargo da Secretaria de Economia.

O cartão é uma parceria com o Banco de Brasília (BRB). O Governo do DF informou que o cadastro das famílias já está aberto no site do BRB. A lista de beneficiados do Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal foi repassada para a instituição financeira.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cartão Gás no Distrito Federal promete beneficiar 70 mil famílias vulneráveis

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA