Vale gás: São Paulo e Distrito Federal anunciam novidades para o benefício

Pontos-chave
  • Com o aumento do gás de cozinha e a pandemia de Covid-19, os estados de São Paulo e Distrito Federal criaram o Vale gás;
  • O intuito é ajudar as famílias mais carentes a comprar esse item indispensável em uma casa;
  • Com a ampliação anunciada nesta semana, o Vale gás pago pelo governo estadual de São Paulo irá beneficiar mais de 2 milhões de pessoas;

Com o aumento do gás de cozinha e a pandemia de Covid-19, os estados de São Paulo e Distrito Federal criaram o Vale gás. O intuito é ajudar as famílias mais carentes a comprar esse item indispensável em uma casa.

Vale gás: São Paulo e Distrito Federal anunciam novidades para o benefício
Vale gás: São Paulo e Distrito Federal anunciam novidades para o benefício (Imagem: Pronatec)

Na última terça-feira (3), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou uma ampliação do Vale gás. Com a mudança o programa passará a contemplar 426,9 mil famílias que residem no estado.

Com a ampliação anunciada nesta semana, o Vale gás pago pelo governo estadual de São Paulo irá beneficiar mais de 2 milhões de pessoas. O programa terá um investimento total de R$ 128 milhões.

O benefício é de R$ 300, dividido em três parcelas mensais de R$ 100. O preço do botijão de gás de 13kg varia de R$ 85,00 a R$ 116,00. As famílias contempladas são de situação de extrema pobreza e pobreza (renda mensal per capita de até R$ 178).

Além disso, essas famílias precisam estar inscritas no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal (CadÚnico). Porém, os contemplados não podem receber o Bolsa Família. A prioridade são as pessoas que residem em comunidades e favelas.

O recurso é sacado nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil ou 24 horas. A primeira parcela começou a ser paga no dia 20 de julho. Os próximos pagamentos serão disponibilizados em setembro e novembro.

Para saber se foi contemplado pelo programa, basta acessar o site oficial do programa Bolsa do Povo. Para entrar e ter acesso as informações é preciso informar o número NIS (Número de Identificação Social) da família.

“Esse programa é de tanta importância para o combate à fome, que garante aos 645 municípios paulistas a possibilidade de contemplar seus vulneráveis”, declarou a Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes.

Para mais informações, os paulistas podem ligar gratuitamente para a Central de Atendimento Bolsa do Povo: 0800 7979 800. Outra opção é buscar esclarecimentos pelo assistente virtual do Bolsa do Povo via Whatsapp, pelo número (11) 98714-2645.

Vale gás do DF

O Distrito Federal em parceria com o Sindicato dos Revendedores de Gás, criou o programa Cartão Gás. Esse será destinado aos cidadãos em situação de vulnerabilidade social que se enquadra em baixa renda.

Vale gás: São Paulo e Distrito Federal anunciam novidades para o benefício
Vale gás: São Paulo e Distrito Federal anunciam novidades para o benefício (Imagem: Jornal Semanário)

O programa visa ajudar essas famílias a comprar o botijão de gás que sofreu grandes reajustes devido à crise gerada pela pandemia de Covid-19. Assim, esses poderão comprar o item para cozinhar os alimentos comprados ou recebidos.

O programa, além de tentar ajudar as famílias mais necessitadas do DF, também visa contribuir para a movimentação da economia da região. Assim, será injetado mais de R$ 20 milhões durante o ano, podendo gerar novos empregos.

De acordo com o Governo do Distrito Federal, o Cartão Gás irá atender cerca de 40 mil famílias em situação de vulnerabilidade social. O programa ainda não está em funcionamento, mas já foi recebido com muita alegria pelas famílias que poderão ser contempladas.

Atualmente, o valor médio de um botijão de gás de cozinha de 13kg no DF é de R$ 84. A estimativa do programa é pagar R$ 100 para cada família beneficiada. O Vale gás que deve ser pago a cada dois meses, por um prazo de um ano e meio.

Porém, o secretário da economia do DF, André Clemente, afirmou que o Vale gás não será permanente. A ideia é injetar esse recurso para que ele retorne em forma de emprego. Sendo assim, o objetivo é inserir essas pessoas no mercado de trabalho.

A proposta de autoria do deputado distrital e presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, Rafael Prudente (MDB) e foi aprovada na Câmara Legislativa. Agora, basta o Governador sancionar o projeto para que esse comece a funcionar. O recurso será destinado, exclusivamente, para a compra do gás de cozinha.

Sendo assim, não poderá ser usado para outros fins. Para controlar o benefício será criado um sistema para obter as informações de quem está vendendo o gás e quem está comprando. Com isso, será possível evitar possíveis fraudes, tanto dos beneficiários, como das empresas credenciadas para a venda.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 3

Vale gás: São Paulo e Distrito Federal anunciam novidades para o benefício

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA