Vale gás: Bolsonaro realmente vai pagar auxílio em âmbito federal?

Pontos-chave
  • Bolsonaro anuncia concessão de um vale gás;
  • Petrobrás nega participação no projeto;
  • Benefício será oficialmente lançado em agosto.

Governo federal anuncia novo projeto social. Na última sexta-feira (30), em entrevista ao programa do Ratinho, o presidente Jair Bolsonaro informou que estará criando o Vale Gás. A ação terá como objetivo fornecer valores para que famílias carentes possam fazer a aquisição do botijão de gás. Entenda a proposta.

Vale gás: Bolsonaro realmente vai pagar auxílio em âmbito federal? (Photo by MANDEL NGAN / AFP)
Vale gás: Bolsonaro realmente vai pagar auxílio em âmbito federal? (Photo by MANDEL NGAN / AFP)

Na corrida para as eleições de 2022, Bolsonaro vem reforçando fortemente sua agenda social. Somente nos últimos meses o atual chefe de estado anunciou uma reforma integral no Bolsa Família, confirmou a extensão do auxílio emergencial e agora quer conceder um vale gás.

O que Bolsonaro disse sobre o vale gás?

Em entrevista na TV aberta, o presidente afirmou estar com planos para criar um vale gás nacional. De acordo com ele, o projeto seria destinado exclusivamente para a população em situação de vulnerabilidade social, sendo avaliado os critérios de renda para a integração.

Bolsonaro explicou que os beneficiários do Bolsa Família e demais brasileiros de baixa renda serão o público alvo da proposta. Para isso, haverá uma triagem e cadastramento que deverá determinar a lista dos contemplados.

Até o momento os critérios de seleção e como acontecerá as candidaturas não foram divulgadas. De acordo com ele, o assunto vem sendo estudado pelo Ministério da Cidadania.

A previsão é de que até o fim de agosto todos os informes sejam oficialmente publicados junto com a reformulação do Bolsa Família.

Durabilidade do projeto e parceria com a Petrobrás

Ainda durante a entrevista, Bolsonaro afirmou que o projeto já foi aceito pela Petrobrás que inclusive destinou uma verba de R$ 3 bilhões para seu financiamento. De acordo com ele, o atual chefe da estatal ficará responsável pelo gerenciamento da pasta.

O novo ministro da Petrobras, o general Silva e Luna está com reserva de R$ 3 bilhões para atender realmente esses mais necessitados. Seria equivalente a 1 botijão a cada 2 meses“, esclareceu.

Segundo fontes internas do governo, o programa terá um caráter temporário. Até o momento não há certeza quanto a sua durabilidade, mas deverá se manter enquanto o país ainda sentir os impactos econômicos do novo coronavírus.

“É uma preocupação do presidente e ele quer uma alternativa por causa da alta no preço. Mas não está definido ainda o valor e nem se será incluído no Bolsa Família ou pago a parte, só que haverá”, informou uma fonte próxima ao presidente a Folha.

Petrobrás nega participação

Apesar da confirmação do presidente, a Petrobrás se pronunciou sobre o assunto alegando que não há nada previsto para o projeto. De acordo com a marca, “não há definição quanto à implementação e o montante de participação em eventuais programas“.

Em comunicado oficial, a estatal reforçou ainda que já vem atuando socialmente para minimizar os impactos da pandemia, tendo em vista as políticas de redução tributária adotadas ao longo dos últimos meses.

“Sua contribuição à sociedade brasileira, na forma de tributos pagos pela Companhia e retidos de terceiros, foi de R$ 76,7 bilhões, montante R$ 14,1 bilhões superior ao mesmo período de 2020″.

Vale gás: Bolsonaro realmente vai pagar auxílio em âmbito federal?(Imagem: Poder360)
Vale gás: Bolsonaro realmente vai pagar auxílio em âmbito federal?(Imagem: Poder360)

Vale gás estaduais

É importante ressaltar que apesar da não definição por parte do governo federal, há estados que estão trabalhando com a concessão de um vale gás. Regiões como Maranhão, São Paulo, Pará, Distrito Federal, entre outras já estão contemplando a população carente através de cartões com recursos destinados para a aquisição do produto.

Por se tratar de políticas públicas locais, cada estado contem suas regras e calendários. Desse modo, para ter acesso a maiores informações é preciso entrar em contato com a assistência social de seu município.

Reajuste no preço do gás de cozinha

A principal motivação para a concessão de um vale gás se dá mediante ao aumento de quase 66% no preço do produto. Somente no início de julho houve um reajuste de 5,9%, sendo o 15º aumento realizado apenas em 2021.

De acordo com os dados do sistema de levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), atualmente um botijão de gás vem sendo comercializado entre R$ 90,41 e R$ 101,85.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Vale gás: Bolsonaro realmente vai pagar auxílio em âmbito federal?

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA