Rio de Janeiro confirma aplicação da 3ª dose da vacina contra COVID-19 em idosos

A Prefeitura do Rio de Janeiro (RJ) já traçou uma meta para que os idosos reforcem o esquema vacinal mediante a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19. A ação terá início assim que o calendário de vacinação para o público geral a partir de 18 anos for concluído. 

Rio de Janeiro confirma aplicação da 3ª dose da vacina contra COVID-19 em idosos
Rio de Janeiro confirma aplicação da 3ª dose da vacina contra COVID-19 em idosos. (Imagem: Agência O Globo)

A previsão é para que a terceira dose da vacina contra a Covid-19 seja aplicada, a princípio, nos idosos com 80 anos de idade ou mais. O reforço vacinal para este público deve começar no mês de outubro, sendo ampliado em novembro para quem tem 70 anos ou mais.

E assim por diante, até que os adultos na faixa etária dos 60 anos sejam imunizados em dezembro. 

Porém, mesmo diante dos novos esforços, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro explicou que a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 ocorrerá somente se a eficácia do reforço for comprovada cientificamente e agregada ao Programa Nacional de Imunização (PNI).

Por esta razão, o chefe da pasta, Daniel Soranz, clamou para que a população carioca não negligencie a saúde dos idosos.

Apelando pela presença dos idosos nos postos de vacinação, o secretário disse que, “é um risco ter em casa um idoso que não se vacinou. É importante que todas as pessoas com mais de 60 anos se vacinem”, ponderou o secretário municipal de Saúde do RJ. 

O comunicado foi feito justamente após a publicação de um estudo realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). O levantamento mostra que após quatro meses de estabilidade, os registros de hospitalizações relacionadas à síndrome respiratória proveniente da Covid-19 voltou a aumentar no Estado do Rio de Janeiro. 

Dados epidemiológicos referentes à última semana apontaram que as internações por problemas respiratórios voltaram a crescer junto ao público com idade entre 60 a 80 anos. A última faixa etária é a que apresentou o quadro mais acentuado. 

Estas informações colocam o cenário do Rio de Janeiro em contramão se comparado aos demais estados brasileiros. Isso porque, mesmo com o avanço do calendário de vacinação contra a Covid-19, há uma tendência de um novo aumento nos registros de casos confirmados da doença. 

O secretário de Saúde disse que a cidade do Rio de Janeiro tem se empenhado para evitar uma nova onda da Covid-19. As principais atitudes adotadas neste sentido se referem à ampliação do esquema vacinal, mas para isso, é preciso contar com o apoio do Ministério da Saúde quanto à entrega de doses das vacinas.

https://www.youtube.com/watch?v=SJCFiP7u-HY&t=46s

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Rio de Janeiro confirma aplicação da 3ª dose da vacina contra COVID-19 em idosos

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA