Receita Federal paga 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (30)

Hoje (30), a Receita Federal está pagando o 3º lote de restituição do IRPF 2021. Com isso, os contribuintes podem consultar se foram incluídos nesse lote. Segundo a Receita, 5 milhões de contribuintes foram incluídos nesta restituição.

Receita Federal paga 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (30)
Receita Federal paga 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (30) (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

As restituições do Imposto de Renda de Pessoa Física 2021 começaram no dia 31 de maio com o 1º lote que contemplou 3,4 milhões de contribuintes, com um montante de R$ 6 bilhões. O 2º lote foi pago em 30 de junho para 4,2 milhões de pessoas, que receberam, ao todo, R$ 6 bilhões.

Nesta sexta-feira (30), a Receita Federal paga o 3º lote da restituição do IRPF 2021. Essa terá um montante de R$ 5,8 bilhões e irá contemplar 5 milhões de contribuintes. Ainda serão pagos mais dois lotes durante este ano.

3º lote de restituição do IRPF 2021

  • Idosos acima de 80 anos (13.985 contribuintes);
  • Contribuintes entre 60 e 79 anos (95.298);
  • Contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (8.987);
  • Contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério (36.616);
  • Contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até 18 de maio (4.913.343).

Calendário de restituição do IR 2021

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Consultar a restituição do IRPF online

Os contribuintes podem consultar a restituição no site da Receita Federal, na área “Consulta Restituições IRPF”. Para entrar no sistema é preciso informar o número do CPF, data de nascimento e o ano do imposto que deseja consultar.

Ao entrar na plataforma é possível saber em qual lote o contribuinte irá receber a restituição. Caso não tenha essa informação, é necessário acessar o portal e-CAC para saber o motivo. Após isso, basta concertar a pendência no IRPF, por meio da declaração retificadora.

O contribuinte pode  enviar a declaração retificadora de 3 formas diferentes até o prazo de entrega informado pela Receita Federal. Após esse período, é possível retificar as informações em até 5 anos:

  • Pelo Programa IRPF que foi usado para fazer a declaração original;
  • Pelo e-CAC, fazendo a retificação online; ou
  • Pelo aplicativo Meu Imposto de Renda disponível para celular e tablet.

A declaração do Imposto de Renda que for identificada inconsistência entrará na malha fina. Assim, a restituição só é liberada após a correção das informações que deve ser feita pelo contribuinte ou após esse comprovar que a declaração está correta.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Receita Federal paga 3º lote da restituição do IRPF nesta sexta-feira (30)

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA