Cálculo do IRRF: Como Calcular? Simulação e Tabela do IRRF

Salario Bruto
R$
Número de dependentes (opcional)
Resultado
Ref Valor
IRRF - R$ 0,00

 


Como funciona o Imposto de Renda no Brasil?

O Imposto de Renda é um tributo cobrado uma vez ao ano pelo governo federal sobre os ganhos de pessoas e de empresas.

O valor é pago de acordo com os rendimentos declarados. Os brasileiros com renda maior precisam pagar mais impostos.

Em resumo, podemos dizer que o IR funciona como um valor anual descontado sobre os rendimentos dos trabalhadores e das empresas no Brasil.

Cálculo do IRRF
Cálculo do IRRF

Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF)

O Imposto de Renda Pessoa Física incide sobre a renda e os proventos de contribuintes individuais residentes no Brasil ou morem no exterior, mas recebam de fontes no nosso país.

Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ)

O Imposto de Renda Pessoa Jurídica é destinado a empresas brasileiras. A alíquota do IRPJ aplicada incide sobre o lucro, que pode ser real, presumido ou arbitrado.

Quem precisa declarar o IRPF?

  • Pessoas que no ano anterior ao atual teve rendimentos acima de R$ 28.559,70, somando tudo que foi recebido durante o ano, como salário, horas extras, pensões, benefícios, aluguéis, entre outros;
  • Quem possui até 31 de dezembro de 2020, imóveis, veículos, e outros bens cujo valor é superior a R$300 mil;
  • Efetuou a venda de imóveis, veículos e outros bens sujeitos à tributação, não importando o valor.
  • Operações em bolsas de valores, títulos futuros ou mercadorias estão sujeitos a serem tributados quando se tem ganho de capital nessas operações;
  • Renda em atividade rural superior a R$142,798,50;
  • Quando tem um recebimento de mais de R$40 mil em rendimentos que são isentos e não tributáveis ou tributáveis na fonte.

Sendo os rendimentos não tributáveis: herança, Indenizações trabalhistas, doações que foram recebidas, rendimentos com a poupança, indenização de seguros, seguro desemprego, entre outros.

  • Além disso, os rendimentos tributáveis na fonte são os que foram recebidos em loterias, concursos, 13º salário, títulos de capitalização entre outros.

Devendo declarar o Imposto de Renda, pessoas que somarem mais de R$40 mil tendo em vista todos os valores de rendimentos, ao serem somados.

Se você se está em pelo menos uma das categorias citadas acima é necessário que realize a declaração do Imposto de Renda, ou caso você esteja na declaração de renda de outra pessoa não será necessário a declaração.

Como calcular o Imposto de Renda para Pessoas Físicas?

O contribuinte precisa fazer é declarar tudo o que ganhou no ano anterior, desde salários, aposentadoria, rendimentos de aluguel ou investimentos.

Algumas despesas podem ser abatidas na declaração e, consequentemente, reduzir o valor dos impostos pagos – são as chamadas “deduções do Imposto de Renda”.
Entre os gastos que o contribuinte pode deduzir do IRPF, podemos citar:

  • Despesas médicas (sem limites)
  • Filhos ou pais (dependentes, no valor máximo de R$ 2.275,08 por dependente)
  • Educação (escola e faculdade, no valor máximo de R$ 3.561,50 por dependente)
  • Contribuição à Previdência Social (sem limites)
  • Contribuição à Previdência Privada (que correspondam a até 12% da renda tributável).

Cálculo do IRRF

O cálculo do Imposto de Renda Retido na Fonte é feito com base na tabela progressiva da Receita Federal, onde as alíquotas vão depender de sua faixa de base cálculo de onde você se enquadra, sendo composta por seus rendimentos mensais e as deduções.

publicidade

O Imposto de Renda mais recorrente é o das pessoas físicas onde é descontado em seu salário, sendo a própria empresa responsável pelo seu cálculo na folha de pagamento.

Para realizar o cálculo do IRRF é necessário seguir esses passos:

Imposto de Renda retido na fonte = [(Salário bruto – dependentes – INSS) X alíquota] – dedução

Para cada dependente (seja cônjuge, filhos, enteados) é abatido o valor de R$ 189,59 mensais.

Achou complicado esse cálculo? Não se preocupe! Em nosso site conta com uma calculadora que irá fazer para você seu cálculo do Imposto de Renda Retido na Fonte.

Basta apenas subir a página e usar nossa ferramenta para cálculo do IRRF!

Tabela do IR – Rendimento mensal

Base de cálculo  Alíquota Parcela a deduzir do IRPF
Até R$ 1.903,98 Isento R$ 0,00
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 7,5% R$ 142,80
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 15% R$ 354,80
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 22,5% R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,68 27,5% R$869,36

Tabela do IR – Rendimento anual

Valor Alíquota (%) Parcela a deduzir do IRPF (R$)
Até R$ 22.847,76 Isento R$ 0,00
De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80 7,5% R$ 1.713,58
De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60 15% R$ 4.257,57
De R$ 45.012,61 até R$55.976,16 22,5% R$ 7.633,51
Acima de R$ 55.976,16 27,5% R$ 10.432,32

Tabelas retiradas do site da Receita Federal, onde é possível encontrar diversas informações sobre o Imposto de Renda.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 4
Total de Votos: 1

Cálculo do IRRF: Como Calcular? Simulação e Tabela do IRRF

Gabriela BarretoGabriela Barreto
Gabriela Barreto possui Técnico em Administração pela Secretaria de Educação do estado de Pernambuco e é graduanda em Ciências Contábeis pela Faculdade Frassinetti do Recife - FAFIRE. Já atuou no mercado financeiro, na área de negociações e assessoria bancária. Atualmente produz conteúdo para o portal FDR.