São Luís estende calendário após receber vacinas da Janssen

A capital maranhense começou a imunizar os cidadãos ludovicenses após receber um novo lote contendo vacinas da Janssen. A vacinação com o imunizante da Johnson & Johnson que promete proteger com a aplicação de uma única dose teve início na última sexta-feira, 25, em São Luís do Estado do Maranhão

São Luís estende calendário após receber vacinas da Janssen
São Luís estende calendário após receber vacinas da Janssen. (Imagem: Gazeta do Povo)

Na oportunidade, as vacinas serão direcionadas à repescagem de adultos com 50 anos de idade ou mais que ainda não foram vacinados com a primeira dose. A partir do momento em que a imunização do público geral a partir de 18 anos foi liberada pelo Ministério da Saúde no mês de maio deste ano.

São Luís é apenas uma das cidades maranhenses contempladas pela distribuição de doses da vacina. 

Ao todo, 12 cidades maranhenses foram contempladas pela distribuição: São Luís, São José de Ribamar, Raposa, Paço do Lumiar, Imperatriz, Balsas, Caxias, Bacabal, Pinheiro, Coroatá, Açailândia, Santa Inês e Presidente Dutra.

Conforme apurado, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) do Maranhão recebeu 42.100 doses na última quinta-feira, 24.

A seleção dos municípios ficou na responsabilidade da Comissão Intergestores Bipartites (CIB). Conforme recomendação do Ministério da Saúde, a prioridade é para que as vacinas da Janssen sejam destinadas a pessoas com comorbidades, com deficiência permanente e trabalhadores da educação que atuam no ensino básico. 

Somente após concluírem a vacinação dos grupos prioritários do Plano de Imunização Nacional (PNI), os municípios estão autorizados a ampliar o calendário de imunização para os demais públicos. 

Lembrando que os Estados e municípios brasileiros têm autonomia para fazerem as devidas modificações na aplicação das vacinas de acordo com a disponibilidade e necessidade de cada localidade.

É o caso da Prefeitura de São Luís que optou por destinar as doses recebidas para a repescagem da faixa etária de 50 anos de idade. 

Vacina Janssen

O Brasil firmou um contrato com a farmacêutica para a aquisição de 38 milhões de doses de vacinas da Janssen, das quais 1,5 milhão já foram entregues no fim da última semana. A previsão é para que todos os lotes sejam enviados ao Brasil até o final de 2021. 

Esta é a primeira e única vacina contra a Covid-19 produzida em todo o mundo até então, que assegura a vacinação mediante a aplicação de uma única dose.

No entanto, é preciso se atentar, pois o prazo de validade da vacina da Janssen terminou no dia 27 de junho, embora o ministro Marcelo Queiroga tenha garantido que não serão desperdiçadas. 

Por outro lado, é importante mencionar que a agência reguladora de medicamentos nos Estados Unidos da América (EUA), decidiu estender o prazo de validade do imunizante por mais quatro meses. Desta forma, o lote atual em posse do Brasil pode ser utilizado até o mês de agosto. 

Tendo em vista a aplicação dessas doses, a expectativa é para que cerca de três milhões de brasileiros sejam imunizados ainda neste mês de junho, tendo em vista que ainda há mais um lote para ser entregue nos próximos dias. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA