Juiz de Fora (MG) inicia cadastro para vacinação de pessoas acima dos 18 anos

Na última sexta-feira (25), o Departamento de Vigilância Sanitária anunciou a abertura do pré-cadastro de vacinação da COVID-19 para pessoas a partir dos 18 anos sem comorbidades. Após essa etapa será informada a data de imunização para esse grupo.

Juiz de Fora (MG) inicia vacinação da COVID-19 para pessoas acima dos 18 anos
Juiz de Fora (MG) inicia cadastro para vacinação de pessoas acima dos 18 anos (Imagem: Raíza Milhomem/Prefeitura de Palmas)

Os juiz-forenses acima dos 18 anos sem comorbidades devem fazer o pré-cadastro para a vacinação da COVID. O cadastro será feito no site da Prefeitura de Juiz de Fora e será preciso preencher um formulário com as informações exigidas.

A prefeitura de Juiz de Fora informou que a vacinação da COVID ainda será definida. Com o cadastro será possível planejar o calendário de imunização para a próxima semana. Para determinar as datas será preciso saber o quantitativo do público alvo e de doses que serão enviadas pelo Ministério da Saúde.

É importante saber que o pré-cadastro não funciona como agendamento, mas esse tem como objetivo agilizar o atendimento nos locais de vacinação da COVID. Com isso, é possível evitar a formação de fila de espera e aglomerações.

Mesmo não se tratando de um agendamento, a prefeitura pede que todos os jovens acima de 18 anos sem comorbidades façam o pré-cadastro.

O calendário de vacinação desse grupo, assim como os documentos exigidos só será divulgado após a chegada de novas doses por parte do Governo do Estado.

A secretária municipal de Saúde, Ana Pimentel, informou que a cidade irá receber doses da Janssen. Com isso, será possível avançar na imunização, já que essa exige apenas uma aplicação para completar a sua proteção contra a Covid-19.

O Estado de Minas Gerais não informou a quantidade de doses que serão enviadas à cidade. Porém, por enquanto, as pessoas com 40 anos ou mais continuarão a ser vacinados até o dia 10 de julho.

Além disso, Ana reforçou que as gestantes e lactantes estão sendo vacinadas de forma ininterrupta. O mesmo acontecerá com as pessoas com comorbidades. Dessa maneira, esses grupos não precisarão aguardar os calendários de repescagem para tomar o imunizante.

A Prefeitura de Juiz de Fora solicitou a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a permissão para a importação da vacina Sputnik. Caso será autorizado essas poderão contribuir, ainda mais, para o avanço da imunização do município.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.