Aprovado pagamento do auxílio de R$ 600 para novos grupos no DF

No Distrito Federal, novo auxílio emergencial é aprovado para beneficiar a população. Nessa terça-feira (22), o governador Ibaneis Rocha (MDB) sancionou o projeto de lei que libera mensalidades de R$ 600 para trabalhadores específicos. A proposta passará a funcionar em julho.

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

publicidade
Aprovado pagamento do auxílio de R$ 600 para novos grupos no DF (Imagem: FDR)
Aprovado pagamento do auxílio de R$ 600 para novos grupos no DF (Imagem: FDR)

Enquanto o governo federal concede a terceira parcela do auxílio emergencial, os trabalhadores de Brasília serão contemplados com um novo abono que também funciona como uma espécie de transferência de renda social. Cada cidadão terá direito a R$ 600, ofertados em três mensalidades de R$ 200 cada.

Detalhes do auxílio emergencial no DF

Apesar de ser um projeto social, a pauta contemplará apenas um grupo específico de trabalhadores. De acordo com o projeto, os segurados serão os profissionais que atuam no transporte de turismo, sob uma previsão de que mais de 1.000 pessoas estejam inscritas.

publicidade

O governador explicou que a ação tem como principal objetivo minimizar os impactos do novo coronavírus e que a seleção deste grupo se deu mediante ao fato de que o turismo foi um dos setores mais afetados pela doença.

Regras e inscrições

Para poder ser um beneficiário o sujeito deverá estar devidamente cadastrado no Permissionários e Concessionários, que funciona como uma espécie de lista administrada pela Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob) para acompanhar o funcionamento do setor.

As regras do projeto exigem ainda a apresentação do registro ativo no Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF), sendo necessário que a categoria de transporte de turismo seja comprovada.

No que diz respeito as inscrições, até o momento não foram detalhados os procedimentos de entrada da população. A previsão é de que a gestão estadual faça uma triagem a partir das exigências acima e na sequencia divulgue a lista dos contemplados.

Quanto ao pagamento, espera-se que o valor seja depositado nas contas bancárias informadas pelos sujeitos. O texto do projeto com todos esses detalhamentos deverá ser liberado ao longo dos próximos dias.

Para mais informações sobre o auxílio emergencial no DF e em demais regiões do país, acompanhe nossa página exclusiva do projeto.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!