Mudanças na 2ª parcela do 13º salário do INSS devem diminuir valor

Começam nesta quinta-feira, 24, os depósitos referentes à segunda parcela do 13º salário do INSS para aposentados e pensionistas. O calendário da última etapa da antecipação do abono natalino para os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) será concluído no dia 7 de julho. 

Mudanças na 2ª parcela do 13º salário do INSS devem diminuir valor
Mudanças na 2ª parcela do 13º salário do INSS devem diminuir valor. (Imagem: FDR)

A antecipação do 13º salário do INSS ocorre eventualmente, apesar de ter ganhado novas proporções desde o ano passado em virtude dos impactos provocados pela pandemia da Covid-19.

A iniciativa foi adotada pelo Governo Federal como uma medida a caráter emergencial visando amenizar a atual crise econômica. 

Além disso, o principal grupo de risco da Covid-19 será amparado pela medida, tendo em vista que normalmente já possuem gastos superiores com medicamentos, além das despesas fixas e básicas da casa.

Através desta antecipação do calendário do 13º salário do INSS, poderá haver uma movimentação, ainda que mínima, na economia do país. 

Sendo assim, a antecipação acontece em maio e junho, ao mesmo tempo em que o INSS efetua os pagamentos dos benefícios previdenciários originais. Como aposentadorias, pensões por morte, auxílio-doença, entre outros.

É importante explicar que o pagamento do 13º salário do INSS foi distribuído em dois grupos.

O primeiro grupo é composto pelos segurados que recebem benefícios equivalentes ao piso nacional de R$ 1.100, enquanto o segundo grupo consiste naqueles que recebem quantias superiores ao teto do INSS, que hoje é de R$ 6.433,57. Além do mais, a ordem de depósitos segue o dígito final do Número de Identificação Social (NIS).

Pagamento do 13° saláio

Cada parcela do 13º salário do INSS equivale a 50% do valor do benefício original, ressaltando que a primeira parcela é paga integralmente.

Por outro lado, a segunda parcela conta com a incidência do Imposto de Renda para os segurados que são contribuintes, sendo que a tributação pode variar de acordo com a idade. 

No caso de um segurado com 64 anos de idade, por exemplo, a incidência do Imposto de Renda acontece somente se ele receber mais de R$ 1.903,98.

O aposentado ou pensionista que recebe um benefício maior que R$ 3.807,96 também deve fazer a respectiva contribuição. De toda maneira, a previsão de impacto na economia brasileira gira em torno de R$ 52,7 bilhões.

Calendário de pagamentos do 13° salário do INSS

Benefícios com valor máximo de um salário mínimo

Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 25 de maio 24 de junho
2 26 de maio 25 de junho
3 27 de maio 28 de junho
4 28 de maio 29 de junho
5 31 de maio 30 de junho
6 01 de junho 01 de julho
7 02 de junho 02 de julho
8 04 de junho 05 de julho
9 07 de junho 06 de julho
0 08 de junho 07 de julho

Benefícios superiores a um salário mínimo 

Dígito final 1ª parcela – Maio 2ª parcela – Junho
1 e 6 01 de junho 01 de julho
2 e 7 02 de junho 02 de julho
3 e 8 04 de junho 04 de julho
4 e 9 07 de junho 06 de julho
5 e 0 08 de junho 07 de julho

https://www.youtube.com/watch?v=5EniWMYtuvg&t=128s&ab_channel=FDR-Finan%C3%A7as%2CDireitos%2CRenda

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Mudanças na 2ª parcela do 13º salário do INSS devem diminuir valor

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA