Pente fino do INSS começa em breve, como se preparar antes e evitar cortes?

INSS anuncia novo pente fino na lista de seus aposentados e pensionistas. Nessa semana, o Instituto Nacional do Seguro Social informou que estará realizando uma fiscalização no cadastro dos beneficiários por incapacidade temporária. A ação tem como objetivo cortar os pagamentos de quem estiver irregular.

Pente fino do INSS começa em breve, como se preparar antes e evitar cortes? (Imagem: FDR)
Pente fino do INSS começa em breve, como se preparar antes e evitar cortes? (Imagem: FDR)

Diante da necessidade de enxugar seu orçamento, o INSS acaba de anunciar a aplicação de um novo pente fino. De acordo com o órgão, os cortes serão destinados para os benefícios vinculados a incapacidade, como o auxílio doença, aposentadoria por invalidez, entre outros.

O que é o pente fino do INSS?

Trata-se de uma força tarefa para reforçar a fiscalização dos cadastros já aprovados na concessão de benefícios.

Os servidores do órgão passam a analisar individualmente a documentação de cada segurado, suspendendo o pagamento daqueles que estiverem com alguma desatualização ou fora das regras de concessão.

Até o momento, o órgão não explicou quais serão os critérios da nova análise, segundo o oficio liberado nesta semana, “os detalhes serão divulgados oportunamente”.

No entanto, levando em consideração a realização dos últimos cortes, espera-se que haja a notificação antes do desligamento.

Isso implica dizer que os segurados com problemas em suas bases de dados deverão ser convocados para a regularização e caso a mesma não aconteça, em até 60 dias o abono será cancelado.

O que fazer para evitar cancelamento do benefício do INSS?

Para quem estiver no grupo de risco, recomenda-se prioritariamente o acesso no Meu INSS para a atualização do cadastro.

“Endereço, telefones de contato e e-mail têm que estar atualizados para que o instituto consiga entrar em contato. Se o segurado perde o prazo, o benefício é suspenso” explica a advogada Cristiane Saredo, em entrevista ao portal UOL.

É importante ainda ter em mãos comprovantes médicos, como os laudos e atestados concedidos na validação do benefício. Por fim, o cidadão precisa também verificar as regras que autorizam a inclusão no abono, para entender se com a reforma da previdência seu benefício não foi alterado.

Para mais informações sobre os informes do INSS, acompanhe nossa página previdenciária exclusiva. Fique de olho ainda em nosso canal no Youtube para ter acesso aos tutoriais de uso das plataformas digitais do órgão.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA