Novas categorias prioritárias na vacinação da COVID-19 foram aprovadas pela Câmara

A Câmara dos Deputados aprovou na última quinta-feira (17) a ampliação de categorias prioritárias para a vacinação da COVID-19. Com isso, foram incluídos bancários, empregadas domésticas e os motoristas de aplicativos.

Novas categorias prioritárias na vacinação da COVID-19 foram aprovadas pela Câmara
Novas categorias prioritárias na vacinação da COVID-19 foram aprovadas pela Câmara (Imagem: Prefeitura de Porto Velho)

O Projeto de Lei (PL) 1011/20 que estabelece a ampliação da vacinação da COVID em grupos prioritários foi aprovado na Câmara dos Deputados. Agora o texto segue para análise no Senado Federal.

Essa é uma atualização do PL aprovado no mês de março que definiu 16 categorias prioritárias para a vacinação da COVID. Com a nova aprovação, a lista passa para 19 profissionais. Para que seja formalizado é preciso passar pela aprovação no Senado Federal.

O texto original era do deputado Vicentinho Júnior (PL-TO) em parceria com outros parlamentares. Nesse foram incluídos os caminhoneiros autônomos e profissionais do transporte de cargas e mercadorias.

Porém, o projeto foi alterado pela relatora deputada Celina Leão (PP-DF) que incluiu as outras três categorias.

O PL também aprova a alteração no Plano Nacional de Educação (PNE), com o intuito de realizar o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos aplicado no exterior (Encceja Exterior).

Essa prova serve para certificar competências de jovens e adultos brasileiros que residem fora do país.

Grupos prioritários para vacinação da COVID

  • Profissionais de saúde;
  • Idosos;
  • Pessoas com deficiência;
  • Pessoas com doenças crônicas;
  • Pessoas que tiveram embolia pulmonar;
  • Povos indígenas;
  • Caminhoneiros e demais motoristas de transporte rodoviário de cargas;
  • Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário e metroviário;
  • Trabalhadores de transporte aquaviário de cargas e passageiros;
  • Agentes de segurança pública e privada;
  • Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social e das entidades e organizações de assistência social, bem como dos conselheiros tutelares;
  • Trabalhadores da educação do Ensino Básico;
  • Coveiros e agentes funerários;
  • Taxistas e os mototaxistas;
  • Profissionais que trabalham em farmácias;
  • Profissionais de limpeza pública e os oficiais de justiça.

Comorbidades prioritárias para receber a vacinação da COVID

  • Anemia falciforme;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênita no adulto;
  • Cirrose hepática;
  • Cor-pulmonale;
  • Diabetes mellitus;
  • Dispositivos cardíacos implantados;
  • Doença cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;
  • Hipertensão Arterial;
  • Hipertensão pulmonar;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Miocardiopatias;
  • Obesidade mórbida;
  • Pericardiopatias;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Próteses valvares;
  • Síndrome de Down;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA