Quer participar dos testes da 1ª vacina brasileira? Butantan abre cadastro

O Instituto Butantan abriu as inscrições na última quarta-feira (16) para candidatos acima de 18 anos que querem participar dos testes da ButanVac. A vacina brasileira está sendo desenvolvida pelo Butantan e um consórcio internacional.

Quer participar dos testes da 1ª vacina brasileira? Butantan abre cadastro
Quer participar dos testes da 1ª vacina brasileira? Butantan abre cadastro (Imagem: divulgação/Instituto Butantan)

Os candidatos interessados irão participar como voluntários do teste da 1º vacina brasileira. As inscrições devem ser feitas por meio do site do Instituto Butantan. O imunizante precisa ser testado para ser aprovada para uso.

A vacina brasileira, assim como outras, precisa passar por cinco etapas. A primeira etapa é a fase de estudos em laboratório. A fase seguinte é o teste em animais também guiados em laboratório.

Após isso, é a vez de testar o imunizante na população voluntária. Nesse momento são realizados três fases de testes para verificar a produção de anticorpos, segurança e eficácia. Dessa maneira, agora é preciso aguardar os testes em humanos que foram divididos em: fase A, fase B e fase C.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a realização da fase A. Para isso será necessária a participação de 418 voluntários. Os testes da vacina brasileira serão realizados pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

Segundo o Instituto Butantan, nessa fase, será possível participar pessoas acima de 18 anos. Pessoas já vacinadas contra a Covid-19 com uma das vacinas usadas no Brasil também podem ser voluntárias.

Nesse momento, o Instituto só está realizando o cadastro dos voluntários. Para que os testes possam começar é preciso aguardar a liberação do Conselho Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). Porém, é esperado que isso ocorra em poucas semanas e assim a primeira fase poderá iniciar.

A fase A contará com grupos de controle, ou seja, que irão receber placebo. Dessa maneira, a outra parte irá receber a vacina desenvolvida pelo Butantan. Porém, segundo Dimas Covas, diretor do Instituto, nas demais fases o estudo da ButanVac será de comparação com outras vacinas.

As outras duas fases, que aguardam a autorização da Anvisa, será desenvolvida com 5 mil voluntários. Essas etapas terão como objetivo observar o desenvolvimento da imunologia contra a Covid-19.

Esses dados serão comparados com o resultado de outras vacinas do mesmo segmento. Com isso, será possível verificar a eficácia da ButanVac. O estudo deve durar 17 semanas, ou seja, em menos de cinco meses poderá estar pronta para uso.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Quer participar dos testes da 1ª vacina brasileira? Butantan abre cadastro

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA