Seguro desemprego pode ser solicitado online na Carteira de Trabalho Digital

A Carteira de Trabalho Digital é um aplicativo onde existe a possibilidade de verificar as informações de Qualificação Civil e de Contratos de Trabalho. Ele passou a substituir o documento impresso no momento da contratação. Para realizar o registro do novo contrato, o trabalho só precisa informar o CPF.

Seguro desemprego pode ser solicitado online na Carteira de Trabalho Digital
Seguro desemprego pode ser solicitado online na Carteira de Trabalho Digital (Imagem: Reprodução/Jornal Contábil)

Já para o empregador, as informações prestadas no eSocial substituem as anotações. 

É importante ressaltar que a Carteira de Trabalho impressa não perdeu o seu valor, ela continua sendo utilizada para comprovação do tempo de trabalho anterior ao formato digital.

Sendo assim, todas as anotações, como férias e salário são realizadas somente online. Facilitando assim o trabalhador a acompanhar todos os dados através do aplicativo ou Portal Carteira de Trabalho Digital.

Os trabalhadores contratados por órgãos públicos e organismos internacionais devem usar a Carteira de Trabalho impressa.

Se atente, pois o número do documento continua o mesmo. O que muda é apenas o formato que difere do impresso, na forma digital, a Carteira de Trabalho, não pode ser utilizada como identificação civil.

Como solicitar o Seguro desemprego pela Carteira de Trabalho Digital?

  • Acesse o aplicativo ou portal da Carteira de Trabalho e clique na opção “Requerer o Seguro-desemprego”.
  • Feito isso, selecione a opção “Solicitar Seguro-desemprego” e informe o número do Requerimento. Esse número está disponível no alto do formulário entregue pelo empregador depois da demissão sem justa causa.
  • O número do Requerimento é composto por dez números. Após digitá-lo, clique em “localizar”, analise com atenção as informações, leia as regras de habilitação do benefício, depois concorde com os termos e clique em “Concluir”.
  • Você irá fazer a confirmação da solicitação do benefício. Aparecerá a mensagem “Solicitação do Benefício Realizada com Sucesso” e os dados do benefício. O que permitirá que você saiba a quantidade e o valor das parcelas a serem recebidas.
  • Logo, o sistema já apresentará as respectivas previsões de datas de pagamento para saque nos canais de pagamento.

Quantas parcelas e qual o valor máximo que o trabalhador possui direito?

Ao solicitar o seguro-desemprego o trabalhador possui direito de receber entre três e cinco parcelas de no mínimo um salário mínimo.

Para saber o valor exato tire a média dos três últimos salários registrados em folha, e aplique o resultado na tabela:

Média de faixas de salário Valor da parcela do benefício
Até R$ 1.683,74 Multiplica-se a média por 0,8 (80%)
De R$ 1.683,74 a R$ 2.806,53 Se ultrapassar R$ 1.683,73 multiplica-se por 0,5 (50%) e soma a R$ 1.347,00
Acima de R$ 2.806,53 A parcela será de R$ 1.909,34

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA