Sem festas de São João, cidade da Bahia avalia prejuízo de R$ 20 milhões

Conhecida por ter uma das principais festas de São João, a prefeitura de Amargosa não realizará o evento neste ano. Devido ao cancelamento das festas juninas, o município calcula prejuízo de cerca de R$ 20 milhões, segundo informado pelo G1.

Sem festas de São João, cidade da Bahia avalia prejuízo de R$ 20 milhões
Sem festas de São João, cidade da Bahia avalia prejuízo de R$ 20 milhões (Imagem: Divulgação/Prefeitura Municipal de Amargosa)

A cidade de Amargosa, localizada a 269 km de Salvador, é um dos destinos mais procurados para as festas de São João na Bahia. A cidade conta com aproximadamente 40 mil habitantes. Ela está localizada no Vale do Jiquiricá, no centro-sul da Bahia.

Ao cancelar o São João de Amargosa, o prefeito Júlio Pinheiro estima ao G1 que R$ 20 milhões deixará de circular na cidade. Este é o segundo ano que a festividade não será realizada por conta da pandemia de covid-19.

Em 2019, no último dia de festa, o evento levou à praça do Bosque um público de 100 mil pessoas. Com isso, o São João de Amargosa se consagrou como o maior do estado da Bahia.

De acordo com o boletim médico divulgado pela prefeitura neste sábado (5), às 18, Amargosa possui um total de 60 casos ativos da doença. Além disso foi divulgado que há 2.203 recuperados e 44 óbitos provocados pela covid-19.

Nas últimas 24 horas, contudo, não houve nenhum resultado positivo ou negativo. Neste período foram realizadas 19 coletas PCR.

Ao considerar o cenário de vacinação, Amargosa contabilizou 10.638 imunizados com a primeira dose. Já com relação ao número de vacinados com a segunda dose, o número registrado é de 4.327.

Por conta do cancelamento dos eventos juninos, além do comércio, o prejuízo impacta os artistas locais e as pessoas que alugam casas. O prefeito ressalta que o São João é ima data mais importante para o município do que o Natal.

Anúncio do cancelamento das festas de São João em Amargosa

Em maio deste ano, a prefeitura de Amargosa havia confirmado o cancelamento do São João. De acordo com a gestão, o foco deve ser nas medidas de prevenção e cuidados com a população em meio à pandemia de covid-19.

Em nota divulgada, a prefeitura, demonstrou assertividade nas ações contra a covid. Mesmo assim, foi informado que a situação global ainda é preocupante. Apesar disso, a prefeitura de Amargosa afirmou que espera que a festa possa voltar a ser realizada em 2022.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Sem festas de São João, cidade da Bahia avalia prejuízo de R$ 20 milhões

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA