Bolsa Família: Calendário da terceira e quarta parcela do auxílio emergencial

Pontos-chave
  • Até o momento a Caixa Econômica Federal já realizou dois dos quatro pagamentos anunciados pelo Governo Federal;
  • Sendo assim, no dia 17 de junho iniciará um novo calendário de pagamento que se estenderá até o dia 30 de junho;
  • No dia 19 de julho os beneficiários poderão começar a sacar a quarta e última parcela do auxílio.

Desde o mês de abril parte dos beneficiários do Bolsa Família passaram a receber o auxílio emergencial 2021. O benefício está sendo pago por quatro meses e possui parcelas de valor variável, conforme a composição familiar.

Bolsa Família: Calendário da terceira e quarta parcela do auxílio emergencial
Bolsa Família: Calendário da terceira e quarta parcela do auxílio emergencial (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

O Bolsa Família contempla 14,6 milhões de famílias em situação de pobreza e pobreza extrema. Desse quantitativo, 10 milhões passaram a receber o auxílio emergencial 2021. O auxílio só não é pago àqueles que já recebem um valor maior no próprio Bolsa Família.

O auxílio emergencial deste ano começou a ser pago aos beneficiários do Bolsa Família no dia 16 de abril. O calendário de pagamento segue as datas apresentadas pela Caixa Econômica para o programa assistencial.

Dessa maneira, ocorre de forma escalonada, conforme o final do Número de Identificação Social (NIS). Sendo assim, são dez dias de pagamentos, que não acontecem em feriados e fins de semana.

Até o momento a Caixa Econômica Federal já realizou dois dos quatro pagamentos anunciados pelo Governo Federal. Sendo assim, no dia 17 de junho iniciará um novo calendário de pagamento que se estenderá até o dia 30 de junho.

No dia 19 de julho os beneficiários do Bolsa Família contemplados pelo auxílio emergencial 2021 poderão começar a sacar a quarta e última parcela. Esse último calendário se estenderá até o dia 30 de julho.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Calendário de pagamento auxílio emergencial para o Bolsa Família

NIS
Parcela 3 Parcela 4
NIS final 1 17 de junho 19 de julho
NIS final 2 17 de junho 19 de julho
NIS final 3 21 de junho 21 de julho
NIS final 4 22 de junho 22 de julho
NIS final 5 23 de junho 23 de julho
NIS final 6 24 de junho 26 de julho
NIS final 7 25 de junho 27 de julho
NIS final 8 28 de junho 28 de julho
NIS final 9 29 de junho 29 de julho
NIS final 0 30 de junho 30 de julho

Valor das parcelas do auxílio emergencial 2021

No ano passado o pagamento do auxílio foi liberado a partir de abril. Com isso, foram ao todo nove parcelas. As cinco primeiras foram de R$ 600 e as quatro últimas de R$ 300. Dessa maneira, os beneficiários do Bolsa Família contemplados receberam R$ 4,2 mil.

Bolsa Família: Calendário da terceira e quarta parcela do auxílio emergencial
Bolsa Família: Calendário da terceira e quarta parcela do auxílio emergencial (Imagem: montagem/FDR)

Com a 2ª onda da pandemia e após pressão por parte dos parlamentares, o governo decidiu retornar o pagamento do auxílio emergencial neste ano. Foram anunciadas quatro parcelas, porém, com valor variável, conforme a composição familiar.

Sendo assim, paga R$ 150 as pessoas que moram sozinhas, R$ 250 as famílias compostas por dois ou mais membros e R$ 375 as mães chefes de família monoparentais. Não é permitida a acumulação de pagamento, por isso, só um membro da família tem direito ao recebimento.

Bolsa Família no Caixa TEM

Além disso, os beneficiários do Bolsa Família passaram a receber o pagamento do programa e do auxílio na conta Poupança Social Digital. Com isso, podem movimentar o valor para compras, pagamentos e transferência usando o cartão de débito, disponível no aplicativo Caixa TEM.

O Caixa TEM permite até fazer compras em lojas físicas com o pagamento diretamente na maquininha, por meio do leitor de QR Code. O lojista gera o código na maquininha e o cliente faz o pagamento usando o aplicativo da Caixa, na função cartão de débito virtual.

No aplicativo é possível fazer transferências de até R$ 600, com um limite diário de R$ 1.200 e mensal de R$ 5 mil. Não há cobrança de taxa pelos serviços, porém, há uma limitação de movimentações.

Sendo assim, é possível fazer dois saques mensais, dois extratos e três transferências para outros bancos sem pagar nada. As transferências para contas da Caixa Econômica Federal são ilimitadas.

O Caixa TEM também conta agora com pagamento e transferência pelo PIX. Esse serviço fica disponível 24 horas por dia, inclusive nos fins de semana e feriados, permitindo movimentações bancárias gratuitas e em instantes. A única limitação é a de transferência para conta de mesma titularidade.

Calendário de depósito do auxílio emergencial 2021

Nascidos em: Parcela 3  Parcela 4
Janeiro 20 de junho 23 de julho
Fevereiro 23 de junho 25 de julho
Março 25 de junho 28 de julho
Abril 27 de junho 1º de agosto
Maio 30 de junho 3 de agosto
Junho 4 de julho 5 de agosto
Julho 6 de julho 8 de agosto
Agosto 9 de julho 11 de agosto
Setembro 11 de julho 15 de agosto
Outubro 14 de julho 18 de agosto
Novembro 14 de julho 20 de agosto
Dezembro 21 de julho 22 de agosto

Calendário de saque do auxílio emergencial 2021

Nascidos em: Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 31 de maio 13 de julho 13 de agosto
Fevereiro 01 de junho 15 de julho 17 de agosto
Março 02 de junho 16 de julho 19 de agosto
Abril 04 de junho 20 de julho 23 de agosto
Maio 08 de junho 22 de julho 25 de agosto
Junho 09 de junho 27 de julho 27 de agosto
Julho 10 de junho 29 de julho 30 de agosto
Agosto 11 de junho 30 de julho 1º de setembro
Setembro 14 de junho 4 de agosto 3 de setembro
Outubro 15 de junho 6 de agosto 6 de setembro
Novembro 16 de junho 10 de agosto 8 de setembro
Dezembro 17 de junho 12 de agosto 10 de setembro

 

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.