CAIXA entra na última semana de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

Pontos-chave
  • Caixa conclui pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial esta semana;
  • Último depósito da segunda parcela para o Bolsa Família termina na segunda-feira, 31;
  • Beneficiários que tiverem o auxílio negado ainda podem contestar o resultado.

Nesta semana a Caixa Econômica Federal (CEF) conclui o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial. Serão contemplados os grupos compostos pelos desempregados e trabalhadores autônomos, bem como o Bolsa Família

CAIXA entra na última semana de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial
CAIXA entra na última semana de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial. (Imagem: Sérgio Lima/Poder360)

O primeiro grupo mencionado consiste nos cidadãos que foram aprovados pelos cadastros no site e aplicativo do benefício. A partir de hoje, 27, recebem a segunda parcela os nascidos em outubro, novembro e dezembro. 

Os inscritos no programa de transferência de renda, Bolsa Família, também recebe a segunda parcela do auxílio emergencial esta semana. Desta quinta-feira, 27, até amanhã, 28, serão contemplados os benefícios cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 8 e 9. 

Em caso de dúvidas sobre a situação do benefício, basta acessar o site: auxilio.caixa.gov.br ou consultaauxilio.cidadania.gov.br/.

No último portal mencionado o beneficiário também consegue contestar o resultado negativo do auxílio emergencial de 2021. 

O prazo para contestação do grupo geral composto por desempregados e trabalhadores autônomos termina nesta sexta-feira, 28. Enquanto isso, os beneficiários do Bolsa Família têm até a próxima terça-feira, 1º de junho, para realizar o mesmo procedimento. 

Na oportunidade, o Ministério da Cidadania explicou que os cancelamentos ocorreram devido às revisões mensais realizadas pelo Governo Federal. O método, conforme prometido, visa verificar se os beneficiários permanecem respeitando os critérios de elegibilidade para o auxílio emergencial de 2021. 

Ao acessar a plataforma mencionada, o usuário deve fornecer alguns dados pessoais como nome completo, número do CPF, data de nascimento e nome da mãe para ter acesso à página contendo o histórico de transações do auxílio emergencial.

Na sequência, basta clicar no botão indicado para a contestação logo após o resultado referente ao auxílio emergencial, para então, concluir o procedimento. 

Segundo um levantamento feito pelo Dataprev, mais de um milhão de solicitações de revisão foram enviadas ao órgão entre o período de 2 a 11 de maio. Todas referentes ao cancelamento da primeira parcela do auxílio emergencial.

Desde então, este número certamente deve ter aumentado diante do novo prazo de contestação, embora ainda não se tenha dados exatos sobre o tema. 

Receba o auxílio emergencial no Caixa Tem

Até lá, os beneficiários que não tiveram nenhum problema no cadastro do auxílio emergencial seguem recebendo as quantias através da conta poupança social digital gerenciada pelo aplicativo Caixa Tem. O valor das parcelas pode variar entre R$ 150, R$ 250 e R$ 375, de acordo com o perfil de cada cidadão. 

O Caixa Tem não realiza a cobrança de nenhuma taxa pelos serviços, permitindo transações individuais de até R$ 600, com o limite de movimentação no valor de R$ 1.200 por dia e R$ 5 mil no decorrer do mês.

O aplicativo ainda oferece uma variedade de serviços e ferramentas, como o pagamento de boletos, compras online com o cartão de débito virtual e presenciais mediante. A leitura do QR Code pelo banco, recarga de celular, seguro de vida e transferências via TED, DOC e PIX.

A princípio, o uso da chave PIX estava temporariamente bloqueado junto ao TED e DOC durante o período aproximado de um mês, contado a partir da data de depósito do auxílio emergencial.

A restrição foi implementada com o objetivo de otimizar e estimular a movimentação virtual do dinheiro, evitando aglomerações nas agências da Caixa Econômica para a retirada em espécie. 

No entanto, no mês passado, o Banco Central (BC) liberou o uso da chave PIX para os beneficiários do auxílio emergencial. O único impedimento se refere à impossibilidade de transferir valores para contas da mesma titularidade em outras agências bancárias. 

A terceira parcela do auxílio emergencial está prevista para começar no dia 20 de junho para os aniversariantes do mês de janeiro, e ser concluída no dia 21 de julho para os nascidos em dezembro. Enquanto isso, os saques serão liberados entre o período de 13 de julho a 12 de agosto.

As datas mencionadas prevalecem a menos que a Caixa decida promover uma antecipação. No geral, o último pagamento da quarta parcela deve ocorrer em 22 de agosto.

CAIXA entra na última semana de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial
CAIXA entra na última semana de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial. (Imagem: Marcos Rocha/ FDR)

Calendário de depósito do auxílio emergencial 2021

Nascidos em Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 6 de abril 16 de maio 20 junho 23 de julho
Fevereiro 9 de abril 18 de maio 23 de junho 25 de julho
Março 11 de abril 19 de maio 25 de junho 28 de julho
Abril 13 de abril 20 de maio 27 de junho 1º de agosto
Maio 15 de abril 21 de maio 30 de junho 3 de agosto
Junho 18 de abril 22 de maio 4 de julho 5 de agosto
Junho 20 de abril 23 de maio 6 de julho 8 de agosto
Agosto 22 de abril 25 de maio 9 de julho 11 de agosto
Setembro 25 de abril 26 de maio 11 de julho 15 de agosto
Outubro 27 de abril 27 de maio 11 de julho 18 de agosto
Novembro 28 de abril 28 de maio 14 de julho 20 de agosto
Dezembro 29 de abril 30 de maio 21 de julho 22 de agosto

Calendário de saques e transferências do auxílio emergencial

Nascidos em Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
Janeiro 30 de abril 31 de maio 13 de julho 13 de agosto
Fevereiro 3 de maio 1º de junho 15 de julho 17 de agosto
Março 4 de maio 2 de junho 16 de julho 19 de agosto
Abril 5 de maio 4 de junho 20 de julho 23 de agosto
Maio 6 de maio 8 de junho 22 de julho 25 de agosto
Junho 7 de maio 9 de junho 27 de julho 27 de agosto
Julho 10 de maio 10 de junho 29 de julho 30 de agosto
Agosto 11 de maio 11 de junho 30 de julho 1º de setembro
Setembro 12 de maio 11 de junho 4 de agosto  3 de setembro
Outubro 13 de maio 15 de junho 6 de agosto 6 de setembro
Novembro 14 de maio 16 de junho 10 de agosto 8 de setembro
Dezembro 17 de maio 17 de junho 12 de agosto 10 de setembro

Calendário do auxílio emergencial para o Bolsa Família

Dígito final do NIS Parcela 1 Parcela 2 Parcela 3 Parcela 4
NIS final 1 16 de abril 18 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 2 19 de abril 19 de maio 17 de junho 19 de julho
NIS final 3 20 de abril 20 de maio 21 de junho 21 de julho
NIS final 4 22 de abril 21 de maio 22 de junho 22 de julho
NIS final 5 23 de abril 24 de maio 23 de junho 23 de julho
NIS final 6 26 de abril 25 de maio 24 de junho 26 de julho
NIS final 7 27 de abril 26 de maio 25 de junho 27 de julho
NIS final 8 28 de abril 27 de maio 28 de junho 28 de julho
NIS final 9 29 de abril 28 de maio 29 de junho 29 de julho
NIS final 0 30 de abril 31 de maio 30 de junho 30 de julho

https://www.youtube.com/watch?v=0bQxkd2EASk&t=2s

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

CAIXA entra na última semana de pagamento da 2ª parcela do auxílio emergencial

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA