Como fazer pagamentos usando o PIX Cobrança? Tire suas dúvidas!

Nesta sexta-feira (14), entra em funcionamento o Pix Cobrança. O serviço funciona de forma parecida com um boleto bancário, mas os dados para pagamento são acessados por meio da tecnologia QR Code. Entenda como fazer pagamentos usando o Pix Cobrança.

Como fazer pagamentos usando o Pix Cobrança? Tire suas dúvidas!
Como fazer pagamentos usando o Pix Cobrança? Tire suas dúvidas! (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Com o Pix Cobrança, as empresas ou prestadores de serviços poderão emitir um QR Code para o recebimento de pagamentos imediatos em pontos de venda ou comércio eletrônico, por exemplo. Sendo assim, a operação passa a possuir uma data de vencimento ou pode ser agendada.

Esta novidade funcionará com um QR Code no lugar do código de barras. O Pix Cobrança permitirá os pagamentos futuros com a previsão de juros, multas e descontos — da mesma forma como um boleto.

Contudo, no momento, as instituições possuem a obrigatoriedade de apenas oferecer a leitura e pagamento com a data da leitura do QR Code.

Atualmente, ainda não está disponível a função de agendar os pagamentos. Este recurso está previsto para estar disponível no dia 1º de junho. O Banco Central ainda lançará novas funcionalidades para o Pix. A autoridade monetária planeja lançar neste ano o Pix Saque e o Pix Troco.

O sistema Pix possui mais de 87 milhões de CPFs cadastrados, de acordo com informações do BC. No próximo domingo, o Pix completará seis meses de operação. De acordo com os dados mais recentes referentes a abril, este novo sistema de pagamentos já registrou 1 trilhão de transações.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
Novo Cartão de crédito queridinho do Brasil, sem anuidade e que você pode solicitar agora 34.787 pessoas já solicitaram

Como fazer pagamentos usando o Pix Cobrança

As empresas poderão emitir o Pix Cobrança como fatura de contas ou para compras em estabelecimentos comerciais, segundo informado pelo Tecnoblog.

No caso de compras nos comércios, esta novidade poderá ser utilizada por um estabelecimento que vende a prazo. Por exemplo, em vez de utilizar um cartão de crédito, o cliente poderá receber um Pix Cobrança parra realizar o pagamento até a data determinada.

Dessa forma, a modalidade se torna uma alternativa ao boleto bancário, mas de maneira mais prática. Enquanto um boleto leva até três dias úteis para a compensação, o Pix Possui o procedimento instantâneo.

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do FDR produzindo conteúdo sobre economia.