Saque emergencial do FGTS: Deputados analisam novo pagamento em 2021

O Senado Federal está analisando o novo pagamento do Saque emergencial do FGTS. A ideia é ajudar os trabalhadores a enfrentar a pandemia de Covid-19 e seus impactos na economia. Essa medida foi criada no ano passado, devido ao mesmo problema.

Saque emergencial do FGTS: Deputados analisam novo pagamento em 2021
Saque emergencial do FGTS: Deputados analisam novo pagamento em 2021 (Imagem: montagem/FDR)

Com o Saque emergencial do FGTS os trabalhadores podem sacar, até um salário mínimo, da conta do Fundo de Garantia. O saque não é obrigatório, mas é disponibilizado a todos que possuem recursos nas contas ativas ou inativas.

O Saque emergencial do FGTS foi criado em 2020, devido à pandemia de Covid-19. Dessa maneira, se trata de um pagamento extraordinário permitido pelo estado de calamidade pública.

O Governo Federal retornou com diversos programas do ano passado, como o auxílio emergencial, antecipação do 13º do INSS e o Programa de redução de jornada e salário. Diante disso, os trabalhadores esperam que o Saque emergencial do FGTS também seja liberado.

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, já afirmou que o país possui um pacote de medidas para a contenção da pandemia. Entre as medidas está a liberação do Saque emergencial do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço.

De acordo com técnicos da equipe econômica do governo uma nova liberação do saldo do Fundo de Garantia não afetaria as reservas. Sendo assim, não há impedimentos para que seja aprovado neste ano.

Mesmo falando sobre o pacote de medidas, o governo não mencionou o saque emergencial. Porém, com o avanço da pandemia e da adoção de medidas mais restritivas, é esperado que o saque seja liberado no próximo mês.

Caso isso venha acontecer, deve funcionar como no ano passado. Dessa maneira, os pagamentos irão acontecer de forma escalonada, conforme o mês de aniversário. O limite de saque deve ser ampliado, de R$ 1.045 para R$ 1.100, já que esse é o valor atual do pisso nacional.

Aqueles que não quiserem usar o recurso devem ter a possibilidade de pedir o retorno do saldo a conta do FGTS, com suas devidas correções. O saque deve ficar disponível até dezembro deste ano, como aconteceu em 2020.

No ano passado, o calendário do Saque emergencial do FGTS iniciou no dia 29 de junho para os nascidos em janeiro. O fim dos saques foi no dia 21 de setembro para os aniversariantes do mês de dezembro.

Glaúcia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.