Datas de vacinação da Covid-19 para grávidas e pessoas com deficiência em SP

Pontos-chave
  • Vacinação da Covid-19 contempla novos grupos a partir de hoje, 6;
  • - Pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e idosos entre 60 a 62 anos de idade serão imunizados em SP;
  • Todas as UBSs do Estado de SP estão preparadas para a vacinação da Covid-19.

O Estado de São Paulo (SP) deu início nesta quinta-feira, 6, à vacinação da Covid-19 em novos grupos prioritários. Chegou a vez das pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas e adultos com idade entre 55 a 59 anos. 

Datas de vacinação da Covid-19 para grávidas e pessoas com deficiência em SP
Datas de vacinação da Covid-19 para grávidas e pessoas com deficiência em SP. (Imagem: Divulgação/Prefeitura de Santos)

No entanto, a vacinação da Covid-19 para os grupos mencionados acontecerá em etapas. Por exemplo, na próxima terça-feira, 11, a imunização contemplará gestantes e puérperas com comorbidades com idade a partir dos 18 anos. A previsão é para que cerca de 100 mil mulheres que se enquadram nestes critérios sejam imunizadas. 

Desta data em diante, o calendário de vacinação da Covid-19 também irá contemplar pessoas que possuem algum tipo de deficiência e que são inscritas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Cerca de 30 mil componentes deste grupo devem ser imunizados. 

Do dia 12 de maio em diante, próxima quarta-feira, a aplicação das doses da vacina da Covid-19 será voltada à pessoas que se encontram na faixa etária de 55 a 59 anos de idade, desde que comprovem a existência de uma ou mais comorbidades presentes na lista elaborada pelo Ministério da Saúde (MS).

No total, a campanha de vacinação da Covid-19 pretende vacinar cerca de 900 mil integrantes dos perfis mencionados por todo o Estado.

“Nós estamos caminhando e gostaríamos de ter mais celeridade neste processo, mas precisamos de mais vacinas. O Estado de São Paulo, em números absolutos, é aquele que mais vacina. Estamos com todas as unidades trabalhando, tanto a unidade básica como o sistema drive-thru, e continuaremos vacinando, mas precisamos de mais vacinas”

disse a Coordenadora Geral do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula.

É importante mencionar que o Estado de São também passa a imunizar os idosos com idade entre 60, 61 e 62 anos. Aproximadamente, 1,4 milhão de pessoas desta faixa etária devem ser vacinadas. 

Na próxima segunda-feira, 10, também é a vez das pessoas com Síndrome de Down, pacientes em tratamento de hemodiálise e transplantados que usam imunossupressores serem imunizados contra a Covid-19.

Requisitos e orientações para a vacinação dos novos grupos prioritários

Os integrantes dos grupos mencionados para a vacinação da Covid-19 desta quinta-feira, 6, em diante, devem se dirigir aos locais indicados em posse do comprovante da condição de risco.

Esta comprovação pode ser feita mediante a apresentação de exames, relatórios médicos, prescrições ou receitas, bem como cadastros já existentes nas Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Esta orientação se direciona às pessoas com idade entre 55 a 59, cidadãos com Síndrome de Down, em hemodiálise e transplantados. No caso específico do último grupo, também é recomendado estar em posse da receita médica do medicamento imunossupressor.

No que compete às grávidas, basta apresentar o comprovante de acompanhamento e/ou pré-natal ou laudo médico. Enquanto as puérperas devem apresentar a declaração de nascimento do bebê.

Por fim, as pessoas que possuem algum tipo de deficiência devem fornecer uma cópia do comprovante de recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Relação de comorbidades listadas pelo Ministério da Saúde

  • Doenças Cardiovasculares;
  • Insuficiência cardíaca (IC);
  • Cor-pulmonale (alteração no ventrículo direito) e Hipertensão pulmonar;
  • Cardiopatia hipertensiva;
  • Síndromes coronarianas;
  • Valvopatias;
  • Miocardiopatias e Pericardiopatias;
  • Doença da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas;
  • Arritmias cardíacas;
  • Cardiopatias congênitas no adulto;
  • Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados;
  • Diabetes mellitus;
  • Pneumopatias crônicas graves;
  • Hipertensão arterial resistente (HAR);
  • Hipertensão arterial – estágio 3;
  • Hipertensão arterial – estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade;
  • Doença Cerebrovascular;
  • Doença renal crônica;
  • Imunossuprimidos (transplantados; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas em uso de corticoides; pessoas com câncer);
  • Anemia falciforme e talassemia maior (hemoglobinopatias graves);
  • Obesidade mórbida;
  • Cirrose hepática.

Pontos de vacinação contra a COVID-19 em São Paulo

A vacinação da Covid-19 ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de São Paulo, além dos pontos de drive-thru, os postos volantes das farmácias parceiras e os centros-escolas.

Datas de vacinação da Covid-19 para grávidas e pessoas com deficiência em SP
Datas de vacinação da Covid-19 para grávidas e pessoas com deficiência em SP. (Imagem: Divulgação/Instituto Butantan)

A imunização feita nos pontos de drive-thru é exclusiva para a aplicação da primeira dose da vacina AstraZeneca. Enquanto isso, a primeira dose da vacina Pfizer, prevista para começar nesta quinta-feira, 6, será aplicada nas UBSs. 

As UBSs também aplicaram doses da AstraZeneca e Coronavac, sendo que a última consiste na aplicação da segunda dose do imunizante. Vale ressaltar a necessidade de acessar o portal, Vacina Já, para confirmar o pré-cadastro.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.