BBB 21: Se a Juliette investir o prêmio de R$1,5 milhão, terá ESTE lucro

Pontos-chave
  • A nova milionária do país, a maquiadora e a advogada Juliette, recebeu na última terça-feira (4) um prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother Brasil;
  • De acordo com o Estadão, quem investe R$ 1 mil por mês conseguiria o prêmio do BBB 21 após 27 anos, com uma taxa anual de 10%;
  • Sandra Blanco, estrategista-chefe da Órama Investimentos, sugere que a campeã reserve uma parte do prêmio para os gastos mensais;

Ontem (4), foi a final do BBB 21 e a grande campeã foi a nordestina Juliette. Ela levou para casa, além de milhões de seguidores, um prêmio de R$ 1,5 milhão. A campeã agora pode usar o dinheiro como quiser, mas sem dúvidas, investir é a melhor opção para que esse valor aumenta ainda mais.

BBB 21: Se a Juliette investir o prêmio de R$1,5 milhão, terá ESTE lucro
BBB 21: Se a Juliette investir o prêmio de R$1,5 milhão, terá ESTE lucro (Imagem: Divulgação/Instagram Juliette)

A nova milionária do país, a maquiadora e a advogada Juliette, recebeu na última terça-feira (4) um prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother Brasil. Com esse dinheiro, a campeã pode aumentar ainda mais o seu patrimônio.

Os participantes passaram 100 dias dentro da casa mais vigiada pelo Brasil. Dessa maneira, para cada mês, a campeã recebeu R$ 500 mil. Esse valor equivale a R$ 15 mil por dia, muito maior que a média recebida pelos brasileiros.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) metade dos brasileiros sobrevivem com R$ 438 mensais. Essa quantia equivale a R$ 15 ao dia. Dessa maneira, é impossível conseguir juntar todo esse valor.

De acordo com o Estadão, quem investe R$ 1 mil por mês conseguiria o prêmio do BBB 21 após 27 anos, com uma taxa anual de 10%. Porém, esse percentual não é tão simples de conseguir.

A poupança fechou no ano passado com uma queda de 2,30%. Já o Ibovespa ficou negativo em 1,53% e o CDI em 1,68%.

Caso a Juliette decida só deixar o prêmio na poupança, o rendimento será capaz de bancar suas despesas pelo resto de sua vida. Porém, além de se tornar milionária, a advogada pode ganhar dinheiro de outras formas.

Isso porque, ela pode atuar como influenciadora digital, já que a sua conta possui mais de 23 milhões de seguidores. O seu perfil bateu recorde internacional de engajamento em suas publicações.

Qual é o melhor investimento para a campeã do BBB 2021?

De acordo com especialistas em finanças e investimentos, a nordestina precisa tomar cuidado para não cair em armadilhas. Dessa maneira, devido a atual situação de pandemia e crise econômica gastar com coisas que aumenta as dívidas não é uma boa opção.

BBB 21: Se a Juliette investir o prêmio de R$1,5 milhão, terá ESTE lucro
BBB 21: Se a Juliette investir o prêmio de R$1,5 milhão, terá ESTE lucro (Imagem: Divulgação/Instagram Juliette)

A educadora em finanças pessoais, Carol Stange, é o caso de muitos ricos que compram carros e casas sem contar com os custos que esses bens acarretam.  A dica da especialista é deixar uma parte para uma reserva financeira para situações de emergências e imprevistos.

Dessa maneira, o ideal é manter uma aplicação com liquidez diária. Isso porque, mesmo podendo resgatar o valor do investimento, caso seja preciso, esse terá uma rentabilidade maior que a poupança, por exemplo.

Além disso, Sandra Blanco, estrategista-chefe da Órama Investimentos, sugere que a campeã reserve uma parte do prêmio para os gastos mensais. A ideia é definir um limite de gastos para não acabar gastando mais do que é necessário.

Após isso, Juliette pode entender o quanto pode investir. Além disso, saber qual será seu perfil de investidora e os seus objetivos ao longo da vida. Nesse cenário, o CIO e sócio fundador da Vitreo, George Wachsmann, lembra que investimentos em longo prazo são os que mais rendem.

Para Blanco, investir em fundos imobiliários, ações e investimentos no exterior são possibilidades interessantes. Porém, é preciso entender qual o risco suportável e o prazo previsto para resgatar o dinheiro.

Wachsmann defende a diversificação no investimento. Dessa maneira, outras opções são o investimento em títulos de renda fixa e criptomoedas. Além disso, ele alerta para a ótima oportunidade de investir no exterior, já que as aplicações no país está em baixa.

Como Juliette pode dobrar o prêmio do BBB 21?

Com uma carteira moderada rendendo 8% ao ano seria preciso nove anos de investimento contínuo. No final desse prazo, a maquiadora, segundo Blanco, teria um patrimônio de R$ 3 milhões.

Porém, não é apenas investir e deixar o dinheiro lá rendendo. De acordo com a estrategista-chefe da Órama, é preciso acompanhar o investimento e fazer revisões periódicas. Porém, a inflação pode afetar o rendimento.

O CIO da Vitreo exemplifica com um título de renda fixa. Nessa situação, o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2055, que paga a taxa de inflação (variável) mais um percentual fixo de 4,50% alcançaria R$ 3 milhões em 15 anos.

Glaúcia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.