Cresce uso de recursos da Justiça para conseguir benefícios do INSS

Brasileiros passam a recorrer a justiça para terem acesso aos benefícios do INSS. Levantamentos realizados pela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), revelam que a cada 8 concessões previdenciárias, ao menos uma foi liberada após analise judicial. A grande maioria dos processos são motivados pelos atrasos na avaliação do órgão. Acompanhe.

Cresce uso de recursos da Justiça para conseguir benefícios do INSS (Imagem: Google)
Cresce uso de recursos da Justiça para conseguir benefícios do INSS (Imagem: FDR)

Diante da pandemia do novo coronavírus, o fluxo de solicitações no INSS vem crescendo consideravelmente.

Há milhares de pessoas dando entrada em benefícios como o auxílio doença, ou até mesmo a aposentadoria, tendo em vista os atuais riscos de exposição no mercado de trabalho.

Análise das aprovações beneficiárias do INSS

Segundo os dados da Fipe, o número dos processos judiciais contra o órgão vem crescendo consideravelmente. Advogados previdenciários explicam que a grande maioria das ações são motivadas diante os atrasos nas respostas para a população.

Após ultrapassar o período máximo de tempo validado por lei, os segurados recorrem a uma avaliação judicial tendo em vista a possibilidade de receber o benefício de forma retroativa. Há ainda os casos de reprovação de primeira, onde o titular contesta a decisão alegando ter direito de receber o salário solicitado.

“Em 2020, especificamente, teve a pandemia, o fechamento das agências, mas há ainda a digitalização. As pessoas não têm mais a facilidade de explicar uma situação ao analista na agência“, explicou a advogada Maria Faiok, justificando os atrasos por parte do INSS.

Como recorrer ao pedido do INSS na justiça?

Para dar entrada em um processo judicial o cidadão deve primeiro entrar em contato com um advogado especializado na previdência. O profissional analisará toda a sua documentação, tempo de pedido e assim sinalizará, por meio de uma ação, o interesse de seu cliente de convocar o INSS para uma audiência.

Na grande maioria dos casos, quando os processos são aprovados a favor do cidadão, o INSS passa a pagar o salário de forma retroativa. Isso significa que o benefício será ofertado antes mesmo de sua aceitação, a partir da data de envio do primeiro pedido.

Para mais informações sobre os benefícios previdenciários, acompanhe nossa página exclusiva do INSS. Por meio dela você consegue ter acesso aos calendários, atualização de regras, tutoriais de serviços digitais e mais.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cresce uso de recursos da Justiça para conseguir benefícios do INSS

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA