Fim da fase emergencial SP? Governo do estado prepara novo anuncio sobre isolamento

Em São Paulo, o governador João Dória e alguns secretários e assessores estão preocupados com o fechamento de quase toda atividade econômica no Estado desde o dia 16 de março. Isto pode fazer com que mudanças aconteçam em breve, mesmo com o centro de contingência da covid-19 recomendando mais uma semana de fase emergencial.

Fim da fase emergencial SP? Governo do estado prepara novo anuncio sobre isolamento
Fim da fase emergencial SP? Governo do estado prepara novo anuncio sobre isolamento (Foto: Roberto Casimiro/Fotoarena/Sipa USA)(Sipa via AP Images)

A data mais lucrativa para o comércio em todo ano é o Dia das Mães. Caso o fechamento se estenda por mais 15 dias, a data já estará muito próxima, o que pode mais uma vez prejudicar as vendas.

A reunião do grupo deve acontecer ainda hoje, 8, e seguir na manhã desta sexta, antes da realização da coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes. 

Os integrantes do centro de contingência revelam que houve uma melhora nos números, porém que a quantidade de novos casos, óbitos e internações ainda se mantém muito alto. Existe também a taxa de ocupação de leitos de UTI que, neste momento, está em 89%, ou seja, ainda preocupante.

População pode entender o recado de forma errada

Uma grande preocupação é como a população iria encarar o fato da saída da fase emergencial. Mesmo não tendo grandes diferenças entre a fase emergencial e vermelha, as pessoas podem interpretar o avanço como “já podemos relaxar”.

Entre as pouquíssimas flexibilizações estão as relacionadas à educação. Como ela foi classificada como essencial em todo o Estado, pode funcionar em qualquer fase, porém diversos prefeitos pediram o fechamento na fase emergencial. 

Mesmo que sejam aplicadas medidas como rodízio de alunos nas escolas e considerando também que muitos pais não irão levar seus filhos para as instituições de ensino, isto causa um aumento grande na circulação de pessoas.

Devido ao crescimento de casos nas últimas semanas, nem mesmo o secretário da Educação, Rossieli Soares, tem se mostrado muito seguro com a possível saída da fase emergencial.

Em meio a estas dúvidas, ainda não é possível prever como será a semana que vem para os paulistas. A definição será comunicada apenas horas antes da coletiva de imprensa.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.