Calendário de vacinação da COVID-19 poderá incluir funcionários do INSS

Instituições solicitam a priorização dos segurados do INSS no calendário de vacinação contra a covid-19. Nessa semana, a Associação Nacional dos Servidores Públicos, da Previdência e da Seguridade Social (Anasps) enviou um ofício solicitando que o governo avaliasse a possibilidade de alterar a campanha de imunização. O texto exige que os colaboradores da previdência social sejam medicados em urgência.

Calendário de vacinação da COVID-19 poderá incluir funcionários do INSS (Imagem: Google)
Calendário de vacinação da COVID-19 poderá incluir funcionários do INSS (Imagem: Google)

A campanha de vacinação da covid-19 está em circulação em todo o país. No entanto, há uma série de críticas e questionamento sobre o modo em que estão sendo determinados os grupos prioritários.

A mais recente contestação foi elaborada pela Anasps, afirmando que os servidores do INSS deveriam ser tratados como grupo de risco.

De acordo com a associação, trata-se de profissionais que estão atuando, de certo modo, na linha de frente da pandemia. A afirmação se dá mediante ao fato de que, os aposentados e pensionistas são considerados os mais vulneráveis para a contaminação e contágio da covid-19. Ou seja, quem está em contato com eles acaba também se expondo ao risco.

Detalhes sobre a solicitação

Em um documento enviado para o presidente do INSS, Leonardo Rolim e para o Secretário Especial de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco, a Anasps solicitou que o órgão apoio as medidas emergenciais de aceleração da vacinação para seus servidores.

A associação ressaltou que:

“Além do contato direto com o público externo de idosos, doentes e vulneráveis, a grande maioria dos servidores que trabalham no INSS utilizam transportes coletivos lotados com aglomeração no deslocamento para o trabalho.”

O texto relembrou também a realidade daqueles que residem no seu mesmo espaço onde há pessoas do grupo de risco, idosas ou crianças. Isso significa que, além do risco pessoal, há o risco familiar e para a sociedade de um modo geral, onde o servidor se torna um grande vetor de transmissão do vírus.

Como resposta a solicitação, Bruno Bianco informou que no último dia 23 de março de 2021, foi endereçado um ofício aos secretário-executivo do Ministério da Saúde, pedindo que a equipe do INSS passasse a ser tratada como prioridade. Porém, até o momento o documento não teve resposta.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA