Governo do ES cria auxílio de R$ 150, distribuição de cestas básicas e mais benefícios

O governo do Espírito Santo anunciou, na última sexta-feira (26), diversas medidas para ajudar os capixabas que se encontram em situação de vulnerabilidade social. A ideia governo do ES é que essas medidas ajudem essas famílias a enfrentarem a crise gerada pela pandemia de Covid-19.

Governo do ES cria auxílio de R$ 150, distribuição de cestas básicas e mais benefícios
Governo do ES cria auxílio de R$ 150, distribuição de cestas básicas e mais benefícios (Imagem: Reprodução/Google)

Uma das medidas anunciadas pelo governo do ES é o pagamento de um auxílio de R$ 150. Esse pagamento irá acontecer durante três meses. O auxílio emergencial pago contemplará as famílias identificadas em situação de vulnerabilidade social.

Sendo assim, o governo do ES quer ajudar financeiramente as famílias capixabas em extrema pobreza. De acordo com os dados, 70.200 mil famílias estão nessas condições e serão beneficiadas.

Para bancar o pagamento dos três meses de auxílio emergencial regional, o governo do ES terá que investir R$ 31,6 milhões. Esse recurso será retirado do caixa do Tesouro Estadual. O pagamento do auxílio de R$ 150 será por meio do cartão “ES Solidário”.

Esses cartões serão entregues as famílias que tem em sua composição domiciliar crianças de até seis anos de idade. Além disso, outro requisito, é que a renda per capita mensal só pode ser de até R$ 147.

Com esse rendimento mensal, essas pessoas são consideradas de extrema pobreza, segundo o Banco Mundial. O cartão “ES Solidário” será emitido pelo banco Banestes. De acordo com o governador do estado, Renato Casagrande (PSB), os beneficiados poderão usar o recurso para comprar o que precisarem.

Porém, o cartão deve ser usado nos comércios que aceitam o Banescard. A ideia é que esse auxílio de R$ 150 seja usado para comprar comida, gás de cozinha ou fazer pagamentos de contas importantes, como luz e água.

Outra medida anunciada por Casagrande é a entrega de cestas básicas para os estudantes matriculados na rede estadual de ensino. Essa ação aconteceu no ano passado e, devido ao avanço da pandemia, será renovada em 2021.

Os estudantes contemplados são aqueles inscritos no Cadastro Único de programas sociais do Governo Federal. As cestas começarão a serem entregues a partir do próximo mês e tem um valor equivalente a R$ 100.

As escolas irão receber o recurso repassado pelo Estado. Sendo assim, essa ficará responsável por fazer a compra dos itens e fazer as cestas básicas. Além disso, deverá entregar aos estudantes contemplados.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.