Restituição do IRPF pode ser paga na sua conta Nubank, PicPay e de outras fintechs

A Receita Federal anunciou que os contribuintes poderão receber a restituição do Imposto de Renda em conta digital. Esta novidade acompanha o crescimento dos bancos digitais no país. Com essa novidade, o dinheiro da restituição do IRPF poderá ser depositado em conta de fintechs como Nubank e PicPay.

Restituição do IRPF pode ser paga na sua conta Nubank, PicPay e de outras fintechs
Restituição do IRPF pode ser paga na sua conta Nubank, PicPay e de outras fintechs (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Uma das novidades do Imposto de Renda deste ano é a possibilidade de selecionar contas de pagamento para crédito de restituição. Até o ano passado, os contribuintes que tinham valores a receber tinham que indicar uma conta corrente ou poupança tradicionais.

Dessa forma, o contribuinte passa a ter três opções de escolha: conta corrente, poupança e conta pagamento, que são as contas digitais. A conta pagamento é uma plataforma administrada por fintechs como Nubank, PicPay e PagSeguros.

Por meio dela os usuários podem efetuar operações bancárias de forma digital e com menos tarifas. Recentemente, as fintechs têm crescido cada vez mais por conta destes e outros diferenciais. Essas empresas são voltadas para a tecnologia e mercado financeiro.

Como escolher uma conta digital para receber a restituição do IRPF

Para escolher uma conta digital para o recebimento da devolução do imposto pago, antes de enviar a declaração do Imposto de Renda 2021, o contribuinte deverá selecionar a opção “Resumo da declaração” — presente no menu esquerdo da tela. Em seguida, será preciso clicar em “Cálculo do Imposto”.

Nesta parte, aparecerá se o declarante possui algum valor a ser restituído. Caso tenha alguma quantia a receber, a pessoa deverá preencher os dados da conta na aba “Informações Bancárias”.

Calendário de restituição do Imposto de Renda 2021

A restituição do imposto acontece quando o recolhimento é maior do que o devido. Com isso, a Receita Federal devolve essa parte que o contribuinte pagou a mais.

De acordo com o cronograma definido, as restituições do IRPF começam a ser pagas em maio. A prioridade no recebimento será para os idosos, portadores de deficiência, portadores de doenças graves e professores. Os pagamentos serão divididos em cinco lotes, seguindo estas datas:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.